Temperatura agora:   14.3 °C   [+]

Alunos de Taquara continuarão recebendo atividades semanais durante o período de suspensão das aulas

Prefeito Tito destaca que todos os alunos devem ser alcançados com as atividades lúdicas durante o período de isolamento. Divulgação / Magda Rabie

Preocupados em manter o vínculo com os alunos durante o período de isolamento social, a Prefeitura de Taquara, a Secretaria Municipal de Educação Cultura e Esportes e o Conselho Municipal de Educação organizaram, na quarta-feira (29), encontro com as equipes diretivas dos educandários para intensificarem e padronizarem a disponibilização de atividades lúdicas não presenciais aos alunos. A iniciativa leva em consideração o pronunciamento do governador do Estado, Eduardo Leite, que manteve a suspensão das aulas até, pelo menos, a primeira quinzena de maio. O prefeito Tito Lívio Jaeger Filho confirmou ao Jornal Panorama e à Rádio Taquara que as aulas não serão retomadas na próxima segunda-feira, dia 4 de maio, e por enquanto ainda não há uma data fixada para esse reinício do ano letivo.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Há mais de 40 dias sem aulas, as escolas municipais de Taquara vão abrir suas portas para organizarem atividades lúdicas, não presenciais aos estudantes. Todos os funcionários terão atividades neste período de suspensão de aulas. Os educandários funcionarão em horário normal com a rotatividade dos professores e funcionários evitando aglomerações. As escolas também manterão as procedências de higienização recomendada ao combate a COVID-19.

Como as escolas já vinham desenvolvendo atividades lúdicas com o apoio das famílias através de redes sociais e em diferentes canais de comunicação disponíveis, optou-se por padronizar e intensificar as atividades, já que as equipes diretivas, pedagógicas e os professores de cada escola estão envolvidos na elaboração das atividades pedagógicas de apoio como também com o suporte emocional para os estudantes. As atividades – que não serão conteúdos novos, mas sim materiais lúdicos somados à revisão de temas – serão disponibilizadas semanalmente aos alunos em meios on line ou, para aqueles que não possuem acesso, de forma física, em material impresso.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O prefeito Tito salientou que a situação vivenciada é muito nova e as respostas não estão prontas, havendo que ter o bom senso entre todos e alcançar a maioria dos alunos neste período de isolamento para que realmente o vínculo seja mantido entre escola, aluno e família. “A partir de hoje a ideia é padronizar a disponibilidade de atividades lúdicas aos estudantes. Cada diretor terá que organizar o registro das atividades de todos os funcionários da escola. E vamos ter que fazer chegar a aula aos alunos, cada escola terá que se organizar e se certificar que o aluno recebeu por meio on line ou físico. Vamos ser pioneiros na região, vamos dar mais um exemplo que estamos bem a frente”, afirma Tito.

Seguindo orientações da UNCME, UNDIME e FAMURS e aguardando a homologação do Parecer do Conselho Nacional de Educação, pelo Ministério da Educação, a municipalidade optou por uma recuperação presencial e aulas programadas pós pandemia, levando em consideração que os pais não podem assumir o papel que é do professor, o qual é qualificado para tal, pensando na qualidade e equidade do ensino aos alunos. A recuperação presencial e as aulas programadas possuirão requisitos que norteiam a organização das mesmas, na perspectiva de alcançar os objetivos de cada etapa/ano da Educação, sendo previstas no Projeto Político Pedagógico das escolas e nos Plano de Ação de cada instituição.

A prática pedagógica de cada escola estará pautada na interação entre os profissionais, as famílias, os alunos, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, Conselho Municipal de Educação com o apoio da Administração Municipal, considerando o direito e o tempo de aprender de cada um seja respeitado, garantindo a qualidade e equidade do processo de ensino e aprendizagem. Este período não estará valendo como registro de aula e de recuperação de carga horária.

“Queremos o mais cedo possível estar de volta às nossas escolas, recebendo nossos alunos e famílias com todo o carinho, mas queremos fazer isso com segurança para todos. E nesse momento de tantas incertezas, queremos garantir que a escola continue um espaço de acolhimento para todos. Certos da compreensão e colaboração de todos da comunidade escolar, torcendo para em breve nos reencontrarmos”, destaca a equipe da Secretaria de Educação em documento disponibilizado aos diretores.