“Ao vivo e a cores”, juntos na vida e nos palcos: Irmãos Matheus e Kauan são atração da 32ª Oktoberfest

Dupla abre a programação de apresentações do sertanejo universitário nesta sexta-feira (25).
Foto: Divulgação.

Conhecidos, não apenas pela voz, mas pelas inúmeras composições de sucesso também, a dupla Matheus e Kauan sobe ao palco da 32ª Oktoberfest, nesta sexta-feira (25). Os irmãos serão os responsáveis pelo início da programação sertaneja da festa, que será reforçada no domingo (27) pela dupla Jorge e Mateus que, inclusive, faz sucesso com algumas letras de autoria de Matheus e Kauan.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A dupla (im) provável

A carreira profissional de Matheus e Kauan tem menos de uma década. Irmãos biológicos, naturais de Itapurunga (GO), eles formaram a dupla em 2010. A paixão pela música, no entanto, é algo que ambos cultivam desde a infância, quando ouviam o pai, Osvaldo Pinto Rosa, cantar e tocar. Kauan, o primogênito da família, hoje com 31 anos, chegou a acompanhar seu Osvaldo em algumas apresentações na igreja. Já Matheus, atualmente com 25 anos, não teve a oportunidade de cantar com o pai – que faleceu quando os filhos ainda eram bem pequenos – mas também herdou o talento musical e a paixão de seu Osvaldo por cantar e compor.

Quem vê os irmãos juntos nos palcos, não imagina que eles levaram algum tempo para se encontrar no ramo profissional. Apesar de terem crescido juntos, a diferença de idade entre os dois fez com que eles amadurecessem separados. Com 15 anos, Kauan já havia gravado dois CD’s solo e, aos 18, ele decidiu investir em uma profissão paralela. Conseguiu uma bolsa de estudos num curso de inglês, recebeu uma oportunidade de fazer intercâmbio, e foi morar sozinho nos Estado Unidos. Lá, ele tocava informalmente e chegou a formar uma dupla que durou apenas até o fim dos estudos, quando Kauan retornou ao Brasil.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Para a surpresa dele, o caçula Matheus seguia os mesmos passos, cantando e também compondo letras, que hoje fazem sucesso, tanto nas vozes dos dois, quanto de inúmeros outros artistas. A lista inclui Jorge e Mateus, parceiros de escritório que gravaram “Na Hora que Você Chamar”; “Coisas de Quem Ama” e “Vai Entender”. Luan Santana escolheu sete músicas de Matheus para seu repertório, incluindo “Tudo que Você Quiser” que o premiou como a música do ano em 2014 no Prêmio Multishow. Michel Teló, com “Se Tudo Fosse Fácil”, e Bruno e Marrone, com “Tiro e Queda”, também estão na lista de artistas que gravaram os hits, além de João Neto e Frederico, que gravaram 10 músicas da dupla.

O primeiro DVD de Matheus e Kauan foi gravado em 2013, em Goiânia, contando com a participação de outras duplas de renome no cenário do sertanejo universitário. No ano seguinte, os irmãos deram vida ao segundo DVD da carreira, lançado em 2015. Desta vez trouxeram a Orquestra Villa Lobos ao palco, fato que marcou a história da dupla, com uma gravação repleta de técnica e emoção. Em 2016, Matheus e Kauan lançaram o terceiro álbum, “Na Praia”, que ganhou um segundo volume no mesmo ano. Neste ano, a dupla lança mais um trabalho “Tem Moda Pra Tudo”.

Carreira e família

Kauan com a família. Foto: Divulgação.

Os shows e gravações não resumem a vida dos irmãos Matheus e Kauan. Eles dão um jeito de conciliar a carreira com a rotina familiar e, quando possível, juntos também. Kauan é casado com Sarah Biancolini, com quem tem dois filhos, Sophiae Bernardo. Matheus foi pai, novamente, este ano. O pequeno João Pedro, fruto do relacionamento com a esposa, Paula Aires – com quem já tinha o primogênito Davi – nasceu em março. Nos sites de redes sociais dos cantores não é difícil encontrar registros dos dois com as esposas e os filhos, durante os passeios e viagens em família.

Matheus com a família. Foto: Divulgação.

A história de Sarah e Kauan nasceu da amizade. Ambos tinham amigos em comum, frequentavam as mesmas festas, e acabaram se apaixonando. Já Matheus e Paula se conheceram numa entrevista, pós-show, da dupla. Paula entrevistou os cantores para uma TV da região de Goiânia e acabou fisgando o coração de Matheus. Há quem diga que a dupla, que é trilha sonora de muitos romances, canta a própria história de amor, quando interpreta a canção “Que Sorte a Nossa”.

No show, na Oktoberfest, não devem faltar sucessos dos irmãos, tais como “Te Assumi Pro Brasil”, “Vou Ter Que Superar”, “Ao Vivo e a Cores”, e uma das mais recentes “Quarta Cadeira”.


PATROCINADORES DA COBERTURA DA OKTOBERFEST NA RÁDIO TAQUARA / JORNAL PANORAMA