APF perde para o Atlântico de Erechim na Série Ouro

Equipe de Parobé fez boa partida, mas acabou derrotada por 2 a 1.

Na noite deste sábado (7), a Associação Parobeense de Futsal (APF) viajou até Erechim para enfrentar a equipe do Atlântico, em jogo válido pela 10ª rodada da Liga Gaúcha de Futsal Série Ouro. A partida começou movimentada com o time da casa buscando o gol, mas a APF soube suportar a pressão e logo igualou as ações da partida e passou a levar perigo ao gol adversário. O resultado, no entanto, acabou sendo 2 a 1 para a equipe da casa.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Apostando em uma marcação alta, a APF começou a pressionar até parar na trave com Igor. Logo depois, em uma boa jogada coletiva, a bola sobrou para Xandy Penha, que só empurrou para as redes, marcando o primeiro da Locomotiva do Vale no jogo e o primeiro dele com a camisa da APF. Após o gol, a equipe do Atlântico passou a pressionar e buscar o gol de empate, que chegou com Selbach, depois de empatar a partida o Atlântico manteve a pressão e obrigou o goleiro Xandy da APF a fazer grandes defesas, ainda antes do intervalo em uma jogada de ataque o atleta do Atlântico tocou com a mão na bola dentro da área, mas a arbitragem não marcou a penalidade para a APF. Ainda no final do primeiro tempo o Atlântico teve um tiro livre, no qual o goleiro Léo da APF fez uma defesa espetacular. A novidade pelo lado da equipe parobeense marcou a estreia de Rodrigo, que veio da Letônia e ainda não tinha sua situação regularizada para atuar.

O segundo tempo

O segundo tempo manteve o ritmo do primeiro, ambas as equipes buscavam o gol, mas o Atlântico dominava as ações e a APF contava com o brilhantismo do goleiro Xandy e suas grandes defesas. O jogo seguiu entre ataques da APF e contra-ataques perigosos do Atlântico, que em uma retomada de bola Cabreúva lançou e Selbach apenas empurrou para o gol, era o segundo dele e a virada do Atlântico.

Com a marcação do segundo gol a equipe de Erechim assumiu o controle do jogo, com isso a APF tentava responder nos contra-ataques com Igor e Haap que tiveram boas chances. Faltando oito minutos para o fim da partida, o técnico Guilhermo Verfe, apostou no goleiro linha com Gui Fonseca. A partir disso, a APF passou a ter as ações do jogo, porém, faltou qualidade na finalização das jogadas, nos minutos finais Gui Fonseca como goleiro linha ainda salvou o terceiro gol de Selbach na partida.

A campanha

Com a derrota para o Atlântico em Erechim, a APF se mantém com 16 pontos na quarta colocação da Liga Gaúcha Série Ouro, mas podendo ser ultrapassada pelo Guarany que joga na próxima quarta-feira (11), contra a Associação Esportiva Sobradinho. Até agora em 10 rodadas a APF tem cinco vitórias, um empate e quatro derrotas. O próximo desafio na competição é no próximo sábado (14) contra a Alaf, às 19h no Complexo Esportivo João de Barro.