Após bloqueio em contas do Estado, Hospital de Taquara recebe R$ 4,5 milhões e paga dívidas

Geral

Casa de saúde informa que, com os recursos recebidos, todos os serviços estarão voltando à normalidade.

Após a Justiça Federal conceder liminar determinando o bloqueio de R$ 4.568.260,50 nas contas do governo do Estado, o Hospital Bom Jesus, de Taquara, recebeu, nesta quinta-feira (6), a totalidade do montante. A informação foi divulgada ainda durante a noite, em nota, pela Associação Silvio Scopel, gestora provisória da casa de saúde. O bloqueio dos valores foi solicitado pelo Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Estado (MPE). Segundo o hospital, o montante se refere aos débitos do Estado com a casa de saúde no decorrer deste ano.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Com a entrada dos recursos em caixa, a Silvio Scopel informou que pagará todos os débitos com profissionais, fornecedores, prestadores de serviço. A expectativa da entidade é estar com todos os pagamentos quitados até a próxima semana. Os colaboradores da casa de saúde foram pagos ainda na tarde desta quinta-feira.

Segundo a nota, enviada ao Panorama pela diretora-administrativa Alexandra Camargo, “o recebimento do valor foi de suma importância para que a situação fosse regularizada, sendo assim, o Hospital Bom Jesus retoma suas atividades, prestando atendimento à comunidade de Taquara e região”.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE