Após um dia de suspensão por dívida da Prefeitura, Apae de Parobé retomará atendimentos

Geral

Direção da entidade se reuniu com administração municipal e projetou retorno do serviço.

Faixa colocada na Apae de Parobé informou a suspensão dos atendimentos de saúde. Divulgação

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Parobé suspendeu, nesta segunda-feira (26), os atendimentos de saúde prestados pela entidade às crianças e adolescentes. São serviços de fonoaudióloga e fisioterapeuta. Mas, a partir do anúncio da suspensão dos serviços, houve uma reunião com a Prefeitura de Parobé, que está em débito com a entidade, e foi combinado um acerto para a retomada, que acontecerá já nesta terça-feira (27). Segundo a Apae, são cerca de 210 atendimentos, em média, todas as semanas na área de saúde.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A diretora administrativa da entidade, Margarete Müller de Souza, explicou ao Jornal Panorama que a Apae mantém um termo de fomento com a Prefeitura para as áreas de saúde, assistência social e educação. As duas últimas têm seus pagamentos em dia, enquanto a saúde estava em atraso desde agosto. O convênio soma R$ 20 mil por mês. A entidade combinou com a prefeitura que um depósito será feito ainda nesta segunda-feira e o restante será pago ainda nesta semana ou no começo da próxima. Segundo Margarete, não havia mais como manter o serviço, pois os funcionários estão com os salários em atraso.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A Prefeitura de Parobé, em nota divulgada em seu Facebook, informou sobre a reunião com a diretoria da Apae, dizendo que os membros da entidade foram recebidos pelo prefeito Irton Feller, a vice-prefeita e secretária de Saúde, Marizete Pinheiro, e o vereador e líder do governo no Legislativo, Enéas Rodrigues. “Temos a boa vontade em atender as demandas da Apae. Sabemos que existem pendências oriundas da falta de orçamento, mas vamos fazer o possível para atender dentro da normalidade”, disse o prefeito. Na nota do Executivo, a administração afirma que entre o mês de dezembro e o início de janeiro o valor pendente será normalizado.

Reunião na sede da Prefeitura estabeleceu pagamentos e retomada do serviço. Divulgação