Ataques aos computadores: estamos seguros?


Você provavelmente acompanhou as notícias do gigantesco ataque contra computadores do mundo todo, iniciado sexta-feira..


Você provavelmente acompanhou as notícias do gigantesco ataque contra computadores do mundo todo, iniciado sexta-feira da semana passada. Esse ataque está sendo considerado o maior da história: neste momento, já são mais de 200 mil computadores infectados, em mais de 150 países.

O vírus desse ataque é do tipo “ransomware”: ele criptografa os dados do computador e os devolve apenas com o pagamento de um resgate. Esse tipo de ataque é usado há anos com grande sucesso. Aqui em nossa região, empresas privadas e públicas já foram atingidas. Algumas inclusive pagaram o resgate – e torceram para que os dados fossem recuperados.

É bom lembrar que, em casos de ataques bem sucedidos, se o usuário, ou a empresa, tivessem uma boa política de backup, em um local seguro – por exemplo, na nuvem ou em simples pendrives ou HDs externos – não seria necessário fazer pagamento algum. Bastaria reinstalar os sistemas, copiar os arquivos do backup, e tudo prosseguiria normalmente. Mas sabemos que, por descuido ou desconhecimento dos riscos reais, muitas vezes os backups não existem, ou não estão atualizados (são necessários profissionais bem preparados para comandar essas tarefas em empresas). E é com isso que os hackers maliciosos contam. E como vimos, eles têm razão em apostar no descuido de muitas empresas.

E você, nesse caso específico, está seguro? Bom, esse ataque foi direcionado apenas para usuários Windows. Se você usa esse sistema, e não mantém as atualizações automáticas sugeridas, está em grande risco. Mas se o seu computador automaticamente baixa as instalações e, de tempos em tempos, o seu Windows realiza aquele processo de “instalando atualizações”, você está livre do perigo. Se quiser ter certeza, pode verificar se o seu PC está com as atualizações em dia entrando no painel “Windows Update”. Esse painel avisa algo como “seu PC está atualizado”. Caso indique que está desatualizado, nesse mesmo painel há um botão para iniciar o processo de download das atualizações. Faça isso!

Esse caso serviu para nos mostrar que um computador precisa ser tratado com cuidado. Você o usa para fazer compras, pagamentos, trafegar informações que podem ser confidenciais. Portanto, são necessários cuidados. Tenha backups, e cuide tudo que você clica, principalmente arquivos e links vindos de e-mails com conteúdos que fujam do normal. Mesmo que o e-mail seja de uma empresa conhecida (pode ser falso), ou de pessoas conhecidas, não clique nos anexos nem nos links enviados até ter certeza que é algo seguro.

Atualmente, os computadores têm suas informações e, muitas vezes, acesso às suas contas bancárias. Portanto, tenha atenção! É o caso de parar de utilizá-lo? Claro que não! Tomando cuidados básicos, os riscos são mínimos!

Compartilhar nas redes sociais: