Bauhaus Café & Design: um destino que dispensa GPS, mas rende doces memórias

Empreendimento oferece cardápio inovador e artigos para presentes e decoração, com a exclusividade da marca Imaginarium, que está à venda nos maiores shoppings do país.

Loja trabalha com artigos, exclusivos, para presentes e decoração, da marca Imaginarium. Fotos: Bauhaus/ Divulgação.

Pausa: segundo o dicionário, é a interrupção de um ato por algum tempo. E, conforme especialistas da área da psicologia, terapia familiar, é um momento indispensável para quem deseja viver com mais qualidade de vida e saúde. Principalmente nos dias atuais, nos quais a rotina é cada vez mais complexa e repleta de atividades. E, apesar do substantivo (pausa) não ser o foco desta edição do Chek-in, combina perfeitamente com o assunto. Mas, antes de conhecermos o endereço de hoje: se você pudesse fechar os olhos e se tele transportar para um lugar especial – aquele de boas memórias, aromas e imagens – para onde você iria?

Se você não sabe, ou ainda não tem esse lugar, isso pode significar duas coisas: a necessidade de fazer uma pausa é real para você; e, nós temos uma boa sugestão. Simbora?!

Um anexo do seu lar

No Chek-in de hoje vamos falar daquilo que mais gostamos por aqui: experiência! E são muitas, mas cada uma bem singular. E, é bem provável que, quando você conhecer, encontre alguma para chamar de sua, ou ainda para levar a alguém muito especial. Seguinte, fomos à Bauhaus Café & Design. Voltamos cheios de coisas boas para escrever. Foram necessárias muitas pausas para organizar as ideias e, tentar, traduzir o que o lugar representa. Mas, de forma resumida, a loja combina um atendimento bastante simpático, com um café super aconchegante e recheado de delícias, e opções de presentes e decoração exclusivas. Digamos que é um ambiente perfeito para encontrar amigos, ou simplesmente tomar um bom café, como se você estivesse na sua própria casa, mas com o bônus de não precisar se preocupar com a louça depois (risos).

Paixões paralelas unidas em um empreendimento

Alexandre e Lisa (foto) encontraram no empreendimento uma oportunidade de oferecer um serviço diferenciado para o público do Vale do Paranhana e região.

A Bauhaus Café & Design, reinaugurada em junho deste ano, é resultado da união de duas paixões, antes platônicas, dos donos Lisa e Alexandre. O casal sempre trabalhou em ramos diferentes, mas flertou com o universo da decoração e da culinária – especialmente à que se preocupa com a saúde e não deixa a desejar no sabor. Contaram que viram, no empreendimento, uma oportunidade de oferecer um serviço diferenciado para o público do Vale do Paranhana e região. E, para isso, obviamente não bastou apenas ter vontade, ambos foram atrás de conteúdo e qualificação. Lisa conta que passou a frequentar feiras, para aprender sobre o mercado dos presentes e decoração, sobre as tendências, os valores, a qualidade dos produtos. “Desenvolver um senso crítico e entender como esse universo se comporta, respira, o que e quando as programações acontecem”.

Paralelo a isso, também buscou conteúdo para o café, com orientação e consultoria do Sebrae, formação em alguns cursos na área, e o reforço de duas chefs. “Consideramos importante, porque uma coisa é oferecer o cardápio, outra é entender, e, mais ainda, saber como ele é preparado”, destacou ela. Lisa disse que, no café, se deparou com um grande desafio. Isso porque optou por trabalhar com receitas funcionais, sem açúcar, sem glúten, e sem lactose, por exemplo. Aos poucos, foi incluindo opções da confeitaria tradicional no cardápio também, mas manteve o foco numa produção – que, aliás, é quase toda feita no próprio café – mais saudável. “Eu já não consumia açúcar, nem farinha branca – faz parte do meu dia a dia – e tinha bastante dificuldade de encontrar alguma opção da alimentação funcional aqui na região; vi uma oportunidade de oferecer esse cardápio diferenciado para o público local que, talvez passasse pelas mesmas situações que eu”, explicou.

Ela conta que foi necessário muito planejamento para montar o café. Além dos detalhes de rotina, como uma boa louça, os melhores ingredientes e a adequação às normas de saúde, decidiram investir em uma equipe gabaritada. Perceberam a carência do mercado, no que se refere ao conhecimento técnico dos funcionários, e realizaram um curso de barista para aprofundar o conhecimento sobre café, que depois foi realizado com as colaboradoras. “A qualidade do café que servimos depende de cada detalhe e etapa da confecção. Não queremos tomar qualquer café, queremos o melhor. E o nosso objetivo é servir o melhor café para nossos clientes também”, disse Lisa. E o melhor café, na Bauhaus, começa pela escolha do grão. Lisa e Alexandre escolheram a qualidade do Café Gourmet Santa Mônica. Os doces – que são de “comer com os olhos” – são o acompanhamento perfeito, mas o Café Bauhaus também oferece ótimas opções de salgados.

Escolha um destino

O cardápio da Bauhaus, segundo Lisa, segue sendo aperfeiçoado e “customizado”, conforme a demanda do público e também da estação. Já para os próximos dias, por exemplo, estão previstas algumas saladas frescas com proteína (camarão, frango, atum), algumas funcionais e que substituem uma refeição. Está sendo desenvolvida a linha de crepes franceses e tapiocas especiais, que combinam super bem com os sucos que são feitos na hora, sem qualquer pré-preparo que comprometem os nutrientes. Vai entrar no cardápio, cafés gelados, sorvetes funcionais e mais algumas surpresas, tudo artesanal. “Logo o cardápio estará online”, promete a Lisa. E se tratando do cardápio, eu recomendaria visitar o café com tempo. A proposta dos empreendedores, além de oferecer receitas saudáveis, é meio que te levar a outros países, por meio da culinária de cada um, trazendo um conceito diferente, refinado e com preço acessível para Taquara. Assim, você pode ter uma experiência única cada vez que entrar no café e “escolher um destino diferente”. Meu roteiro, para início de viagem, foi o da maioria: doce com café.

Torta de damasco é uma combinação leve e saborosa, com ingredientes que dispensam o açúcar, farinha branca e leite de origem animal. Foto: Jéssica Ramos/ Jornal Panorama.

Fui de espresso e pedi duas tortas para acompanhar. Sim, duas. Não sei dizer de qual delas gostei mais, mas o café – com certeza fez jus ao curso da equipe. Estava ótimo. Quantos às tortas, pedi uma bem chocolatuda, “Torta Brownie”, e uma, digamos, bem refinada, “Nozes com damasco”. O que me surpreendeu, positivamente, foi a composição das receitas. Duas opções doces, mas bem equilibradas. Nem de longe, enjoativas. A torta de damasco é uma composição de pão de ló (feito de farinha de nozes) e recheio cremoso de damasco, sem açúcar branco (substituído por xilitol), e com leite vegetal, além de chocolate 70%. Ou seja, é um doce gostoso, sem açúcar e sem glúten.

E se engana quem pensa que a torta brownie é a vilã do negócio. Ela também não leva farinha branca nem leite de origem animal, e ainda é recheada com uma camada generosa de mousse de chocolate 70%. Vamos combinar que é um doce para comer sem culpa. Aliás, qualquer uma das tortas (fatia), acompanhadas de um Café Gourmet Santa Mônica, não custa 20 reais. É aquele mimo de fim de expediente, ou semana, que todo mundo
merece na vida.

E por falar em mimo, a Loja tem muitos. A Bauhaus detém a exclusividade na venda da linha de decoração e fun design da Imaginarium. É uma peça mais linda que a outra, com opções para os mais variados gostos e bolsos também. Vale a pena conferir. Você entra para tomar um café e já aproveita para dar um up na decoração da sua casa. Ou entra para comprar um presente e já aproveita para tomar um café. Independente do roteiro que você programar, o Chek-in na Bauhaus Café & Design é garantia de boas memórias e histórias. Confere lá, e até a próxima!

A Bauhaus Café & Design fica na Rua Bento Gonçalves, nº 2498, loja 25, Centro de Taquara. O atendimento é das 9h às 19h, de segunda a sexta. Aos sábados, o horário é das 9h às 18h, sempre sem intervalo ao meio-dia.

Contatos:

Fone: (51) 3541-5659 ou Whats: (51) 995950372; siga a loja também nos sites de redes sociais, pelo Insta e Facebook.

Texto por Jéssica Ramos/ Jornal Panorama.