Temperatura agora:   23.5 °C   [+]

Bibi doa máscaras e mil pares de calçados para crianças na Bahia e Rio Grande do Sul

Profissionais da Bibi confeccionam máscaras para doação realizada pela empresa. Divulgação

Há 71 anos no mercado de calçados infantis, a Calçados Bibi investiu em algumas ações de solidariedade em meio à pandemia de covid-19 no País. Atuando sempre com o compromisso social integrado ao DNA da marca, a rede que já apoia algumas instituições nas comunidades onde tem as unidades fabris, como Parobé e Cruz das Almas (BA), efetuou a doação de mil pares de calçados para crianças na última semana. Os produtos foram entregues para APAE, em Parobé, Lar Padilha e Instituto Vida Breve, ambos em Taquara, e para assistências sociais das prefeituras municipais de Parobé e Cruz das Almas. A marca também está confeccionando máscaras para doação ao Hospital São Francisco de Assis, que atende a região.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





Segundo a presidente da Calçados Bibi, Andrea Kohlrausch, apesar de grande parte das mais de 100 lojas da rede estarem fechadas e os parques industriais retomarem as atividades seguindo as medidas preventivas apenas na metade de abril, há um compromisso com as comunidades localizadas ao redor das fábricas da marca. “Investir em ações de cunho social, como as doações, é algo que faz parte do planejamento estratégico da Bibi. Além de se preocupar com a saúde e o bem-estar dos colaboradores, clientes, parceiros e fornecedores da marca, queremos proporcionar boas oportunidades às famílias que moram próximas a nós, tanto aqui no Sul quanto no Nordeste”, revela.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Outra iniciativa realizada foi a confecção de máscaras feitas com um não tecido que tem tratamento antimicrobiano e tecnologia Drop Bibi, que transpira e repele a água. Os itens serão doados mensalmente para um hospital em Parobé. As máscaras de proteção também foram destinadas aos 1.215 colaboradores da Bibi e à equipe que atua no Varejo, ou seja, nas lojas da rede. Além de ser obrigatório o uso na linha de produção, o item é essencial no combate à disseminação da covid-19 no Brasil, quando aliado a outras medidas, como o distanciamento seguro e a higienização frequente das mãos com água e sabão ou álcool gel.