Brigada Militar forma 218 estudantes no Proerd em Igrejinha

Programa visa desenvolver habilidades para conduzir jovens a vida segura e responsável.
Estudantes prestam o compromisso de formatura do Proerd em Igrejinha. Divulgação

A Brigada Militar realizou, na quarta-feira (10), em Igrejinha, a solenidade de formatura dos alunos do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência(Proerd). As aulas foram ministradas pela soldado Elisa Bischoff, abrangendo, neste primeiro semestre, nove turmas do quinto ano e seis escolas, num total de 218 estudantes.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O programa visa desenvolver nos jovens estudantes habilidades para que possam tomar boas decisões e ajudá-los a conduzir sua vida de maneira segura e responsável. O Proerd é um trabalho preventivo, onde o policial militar fardado vai até a escola e ministra as aulas, com o objetivo de alertar sobre o uso indevido de drogas e a violência, proporcionando ainda que a comunidade se aproxime da Polícia Militar.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Em Igrejinha, o Proerd não era realizado desde o ano de 2013 e na formatura contou ainda com a presença da Banda de Música da Brigada Militar.

Em Igrejinha, até a Banda da Brigada Militar entrou no clima da música típica alemã. Divulgação

SOBRE O PROERD

O Programa Educacional de Resistência às Drogas – PROERD é a adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education – D.A.R.E., surgido em 1983.

No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro e de São Paulo, sendo hoje adotado em todo o Brasil.
No Rio Grande do Sul, a Brigada Militar desenvolve o programa desde 1998, já realizado em 451 municípios. Hoje é aplicado em mais de 60 países envolvendo 60 mil policiais.

A Brigada Militar conta com mais de 600 instrutores Policiais Militares voluntários tendo mais de um milhão de alunos formados em todo o Estado.

O PROERD é desenvolvido por um Policial Militar fardado, de forma voluntária, que recebe formação específica para o desenvolvimento do programa em escolas. Este conta ainda com a presença constante da professora em sala de aula, bem como, o apoio integral dos pais dos alunos.

Os encontros são compostos por dez lições, que abordam temas como: segurança pessoal, maneiras de dizer não as ofertas de drogas, abuso e uso das drogas, auto-estima, influência dos meios de comunicação, alternativas para não usar drogas, pressão dos companheiros, consequências do uso das drogas lícitas e ilícitas, maneiras de se lidar com as tensões do dia-a-dia e formas de evitar a violência, além de noções de cidadania e segurança pessoal.

Trata-se de combater o consumo de drogas através da educação. O Proerd mostra para as crianças e os adolescentes um caminho mais seguro, principalmente saber tomar decisão e dizer não. A participação da Proerd na vida dessas pessoas contribui para que a comunidade se sinta mais segura e diante disso, alunos, pais, professores e diretores compartilhem com maior entusiasmo do esforço da Brigada Militar em transformar as escolas em centros de referência da comunidade para o fortalecimento da cidadania e combate às drogas e a violência.