Temperatura agora:   15.6 °C   [+]

Câmara de Parobé resgatou história de 500 anos da Reforma Luterana

O dia que marcou os 500 anos da Reforma Luterana foi comemorado em uma solenidade especial na Câmara de Vereadores de Parobé, na terça-feira (31), no Plenário Municipal. A pedido dos vereadores Enio Terra (PTB) e Gilberto Gomes (PRB), o Legislativo promoveu uma sessão solene homenageando as igrejas Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) e Evangélica Luterana do Brasil (IELB).


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O evento contou com as presenças do pastores Elmo e Mariana Kempf, da Comunidade Martin Luther, e pastor Ismael Verdin, da Comunidade São Lucas. Além disso, a solenidade também recebeu a jornalista parobeense Daiane Pires, que apresentou o projeto que culminou no livro de sua autoria intitulado “Luthero – Muito Além da Religião”, que será lançado na Feira de Porto Alegre no mês de novembro.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Toda a importância da trajetória de Lutero foi relembrada durante a cerimônia, que destacou as principais influências de seu legado para a sociedade. Para o chefe da Casa Legislativa, as teses de Lutero causaram modificações importantes que culminaram no acesso à educação e transformaram os paradigmas sociais. “A Reforma Luterana contribuiu muito para o desenvolvimento mundial, por isso saudamos hoje as comunidades evangélicas que dão continuidade aos ensinamentos de Lutero e promovem importantes trabalhos sociais junto à comunidade”, destacou Terra.

Em agradecimento à homenagem, o casal de pastores da Comunidade Martin Luther (IECLB), salientou que Lutero também foi um instrumento para levar aos povos o desenvolvimento intelectual e pessoal dos seres humanos. “Sem dúvida o acesso à educação é um dos principais legados deixados por Lutero. Este era um de seus focos principais, para que todos pudessem interpretar a bíblia, mas também para que houvesse a evolução moral, pessoal e intelectual dos indivíduos”, destacaram.

Já o pastor da Comunidade São Lucas (IELB) enfatizou que a grande motivação de Lutero para idealizar a Reforma Luterana foi por meio de sua fé. “Lutero nunca esqueceu que era padre e nunca esqueceu de suas ovelhas. Ele estava aprofundado em seu conhecimento bíblico e aprofundado na Palavra de Deus”, frisou Pr. Ismael Verdin.

Integrantes do Coral da Comunidade Martin Luther (IECLB) também proporcionaram um momento especial para o encerramento da solenidade.  Regidos pela musicista, Olga Dummer, os cantores executaram músicas alusivas aos 500 anos da Reforma.

Pastor Ismael Verdin, da Comunidade São Lucas (IELB), agradeceu a homenagem e salientou que Lutero agiu pela fé. Divulgação/Eduarda Rocha

Casal de Pastores da Comunidade Martin Luther (IECLB) salientou que a educação é um dos principais legados deixados por Lutero. Divulgação/Eduarda Rocha

Coral da Comunidade Martin Luther (IECLB) apresentou canções alusivas à data. Divulgação/Eduarda Rocha