Temperatura agora:   13.3 °C   [+]

Câmara de Taquara reduz salários dos vereadores para o próximo mandato

Em uma sessão histórica, e realizada sem a presença do público, por conta da pandemia do novo coronavírus, a Câmara de Vereadores de Taquara aceitou uma reivindicação feita há vários anos, e nunca antes apreciada pelos vereadores. Sempre motivo de muita polêmica, os salários dos vereadores serão reduzidos, a partir do próximo mandato. Cairão dos atuais R$ 8,9 mil para R$ 5.803,90. O projeto foi aprovado por unanimidade pelos vereadores.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A discussão se estendeu por mais de duas horas. Primeiro, os vereadores derrubaram uma emenda proposta pelo vereador Luis Felipe Luz Lehnen (PSDB), que reduzia o salário para R$ 5,9 mil. O parlamentar apresentou sua emenda logo após a mesa diretora da Câmara submeter para tramitação o projeto sobre o subsídio dos vereadores. No texto original, a mesa diretora sugeriu como valor para o salário a manutenção dos R$ 8,9 mil.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Contudo, após a emenda de Fifi, os vereadores que integram a base de apoio à atual administração de Taquara, apresentaram outra emenda, reduzindo o salário para R$ 5,8 mil. Lehnen disse concordar com a emenda dos colegas. Os vereadores fizeram diversas críticas a atitudes de Luis Felipe, principalmente em relação a postagens nas redes sociais. Os membros da base de apoio, em resumo, afirmaram que já tinham disposição e estavam discutindo desde o começo do ano a redução nos subsídios. Lehnen argumentou que, se havia a intenção, o projeto originalmente apresentado poderia já conter essa redução.

A alteração no valor dos salários não muda em nada o que os parlamentares recebem atualmente. Segundo a legislação, não pode ocorrer mudança nos valores no decorrer do mandato, apenas as reposições inflacionárias que também são concedidas aos servidores públicos. O novo valor entrará em vigor no ano de 2021 e valerá pelos próximos quatro anos. No último ano de mandato dos novos vereadores, eles também terão que discutir os salários para a próxima legislatura.

Salário do prefeito, vice-prefeito e secretários

A Câmara também aprovou, na sessão desta terça-feira (14), os valores para os salários do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais. Igualmente, haverá redução em relação ao montante recebido atualmente. Inicialmente, a mesa diretora da Câmara sugeriu, como salário para o prefeito, o montante de R$ 20.196.78. O vice-prefeito receberia R$ 10.098,40. Já os secretários municipais teriam como salário o montante de R$ 8.909,14.

Foi rejeitada uma emenda proposta pelo vereador Luis Felipe, que reduzia o salário do prefeito para R$ 17,9 mil e do vice-prefeito para R$ 5,9 mil. A emenda de Lehnen não mexia no valor proposto para os secretários municipais. Também permitia ao vice-prefeito receber o salário dos secretários se comprovasse dedicação exclusiva ou acumulasse o cargo de secretário.

Os vereadores acabaram aceitando a emenda proposta pelos membros da base de apoio ao governo. Com isso, o prefeito passará a receber R$ 18.117,10, enquanto o vice-prefeito ficará com R$ 9.088,56. Já os secretários municipais terão salário de R$ 8.018,22.

Acompanhe a íntegra da sessão com todas as discussões: