Câmara homenageia 70 anos do CTG O Fogão Gaúcho e Assembleia abre exposição sobre a entidade

Cultura e Lazer Geral Slide
Vereadores entregaram certificados e troféu para marcar os 70 anos do CTG de Taquara. Divulgação/Neusa Souza

Referência no tradicionalismo, o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) O Fogão Gaúcho, de Taquara, completa, nesta terça-feira (7), setenta anos de história. O aniversário está sendo celebrado com uma programação alusiva que transcorre desde o final de julho. A Câmara de Vereadores de Taquara realizou, nesta segunda-feira (6), homenagem alusiva aos 70 anos de história, reconhecendo a trajetoria do CTG. A Assembleia Legislativa, por sua vez, abriu uma exposição, que segue até sexta-feira (10), em seu térreo, mostrando itens que contam a história do CTG.



Na sua homenagem, a Câmara de Taquara entregou um certificado de reconhecimento aos integrantes da patronagem e a membros ligados à história do CTG. A distinção foi proposta pelo vereador Adalberto Soares (PP), que reconheceu a importância da entidade taquarense no tradicionalismo, como o segundo CTG fundado no Rio Grande do Sul, sendo o primeiro no interior do estado.

Em sua fala na Câmara, o patrão do CTG, Auro Sander, lembrou das atividades culturais que são realizadas pelo CTG, como a manutenção das invernadas artísticas. Ressaltou que os pais devem enviar seus filhos aos CTGs, um ambiente de respeito e incentivo aos valores familiares, dando o seu próprio testemunho, de quem passou a ser ligado ao CTG a partir da participação do filho nas invernadas. O patrão Auro ainda ressaltou a importância do CTG de Taquara no cenário gaúcho, a partir do qual sediou diversos momentos significativos para o Movimento Tradicionalista (MTG), como a assembleia que definiu a Carta de Princípios, documento que é considerado como se fosse uma Constituição do MTG.

Em entrevista à Rádio Taquara, nesta terça-feira, o patrão comentou sobre o desafio de manter a entidade em funcionamento, agradecendo a todos os associados, patrocinadores e parceiros. São duas sedes próprias, sendo a social na rua General Frota, no Centro, e a campestre, às margens da ERS-115. O patrão ainda convidou a comunidade a se integrar às comemorações de aniversário. Uma das atividades é a exposição na Assembleia Legislativa, que conta com fotos e itens históricos do CTG, como o próprio “fogãozinho” que dá nome à entidade. A mostra pode ser conferida no primeiro andar da Assembleia.

Na próxima semana, o CTG dá sequência às atividades com o Festival de Cantigas de Rodas, uma tradição que está sendo retomada. Nove escolas estão inscritas para a programação que acontecerá na quarta-feira (8) pela manhã e tarde. Já no sábado, dia 18, haverá o baile de comemoração dos 70 anos, com a presença de autoridades do MTG e do estado. A atividade acontecerá na sede social, a partir das 20 horas. Os cartões estão sendo vendidos na secretaria do CTG.

Confira em vídeos trecho da homenagem que a Câmara de Taquara prestou ao CTG:

Confira a entrevista em vídeo do patrão do CTG à Rádio Taquara: