Caso do PM atropelado em Taquara: “joguei tudo meus bagulho fora e atropelei até um policial”, diz acusado em áudio

Polícia

Polícia Civil segue em busca de um terceiro acusado do crime ocorrido na última sexta-feira (24).

A Polícia Civil e a Brigada Militar seguem em buscas a um terceiro acusado do atropelamento do segundo sargento João Batista dos Santos Rogério, 51 anos, em Taquara. O fato aconteceu por volta de 20h50min da última sexta-feira (21), na rua Tristão Monteiro, próximo ao entroncamento com a ERS-115. Dois acusados de estarem no carro que atropelou o policial estão presos desde o sábado (22) após terem sido localizados embaixo de uma ponte na rua Pedro Emílio Martins, no bairro Tucanos.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




A reportagem do Panorama conseguiu acesso a um áudio anexado pela Polícia Civil às investigações em que o proprietário do automóvel Corsa, Marlon Schneider, 28 anos, afirma que “fugiu dos homens, joguei tudo meu bagulho fora e até atropelei um policial” (ouça abaixo). À Polícia Civil, Marlon disse que não estava dirigindo o carro, e atribuiu a condução ao terceiro suspeito que está foragido.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


OUÇA O ÁUDIO APREENDIDO EM INVESTIGAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL

Ainda segundo as informações obtidas por Panorama, a Polícia Civil tem imagens de uma câmera mostrando Marlon saindo do carona do carro, e sua namorada, também presa no sábado, do banco de trás, enquanto o foragido deixou o veículo na posição do motorista. Contudo, questionado, o delegado Ivair Matos Santos informou que a questão de quem estava dirigindo o carro será esclarecida no decorrer do inquérito policial.

Por enquanto, Marlon e a namorada foram autuados em flagrante por tentativa de homicídio qualificado, levando em conta a majoração de pena prevista no caso do crime cometido contra autoridade no exercício da função ou em decorrência dela. O delegado Ivair salienta que continuam as buscas pelo terceiro acusado do crime. Além disso, ressalta que ninguém foi solto mediante fiança, boato que chegou a circular em Taquara.

Condições de saúde do sargento

Segundo as informações repassadas pela Brigada Militar ao Panorama, o sargento Rogério permanece internado, sem previsão de alta, no Hospital de Pronto-Socorro (HPS) de Canoas. Ele permanece tratando um edema cerebral e lesão pulmonar, além de outras lesões na clavícula e mandíbula.

Os vídeos do acidente na Tristão Monteiro:

Leia mais: