Temperatura agora:   11.3 °C   [+]

Citadino define os campeões e arrecada mais de 900 quilos de alimentos

O Campeonato Citadino de Futsal de Taquara definiu, na noite de ontem (26), os campeões nas três modalidades da edição deste ano do torneio. As inscrições dos times e as entradas para o público assistir às disputas foram substituídas pela doação de alimentos não perecíveis. Foi arrecadado mais de 900 quilos de mantimentos repassados para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação e ao Instituto Vitória.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




O torneio deste ano reuniu 11 times na categoria Livre, quatro no Veterano e quatro no Feminino. O diretor de Esportes, Alexandre Lacerda Lencioni, afirma que foi um dos melhores campeonatos de futsal realizado no município em termos de disciplina. “A avaliação é positiva. Tivemos mudanças no regulamento que deixaram a competição mais rígida, mas os jogos ficaram mais tranquilos”, ressalta, ao lembrar a proibição de bebida alcoólica no Ginásio do Parque do Trabalhador, onde ocorreram as partidas.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Dentre outras mudanças ocorridas em 2017 está o maior controle sobre os torcedores. Lencioni lembra que não havia nada expresso sobre isto no regulamento. Neste ano, o campeonato foi suspenso por duas semanas após confusão entre torcidas na disputa das quartas de final entre Fruteira Elite e Barbearia do Bolinha. Naquela ocasião, uma liga formada por representantes das equipes participantes do Citadino decidiu, por quatro votos a três, que a partida seria definida nos pênaltis.

A diretoria de Esportes pesquisou modelos de campeonatos adotados por outros municípios. A estratégia escolhida foi a de instituir um representante de cada torcida, que atuará diretamente no controle do público nas arquibancadas. Em caso de mau comportamento dos espectadores, Alexandre diz que o time destes poderá ser penalizado. As mudanças devem ser implementadas em 2018. Lencioni destaca o desejo de instalar câmeras de vídeo para ajudar na segurança e na avaliação dos juízes sobre os lances dos jogos. “Queremos tentar mobilizar a comunidade para termos mais times femininos e veteranos participando do campeonato”, ressaltou.

 

Confira os resultados:

Categoria Livre

Campeão: Mecânica Pedroso

Vice: Elite Empresa

Terceiro lugar: Mercado Petrópolis

1º lugar categoria Livre: Mecânica Pedroso. Foto: Magda Rabie
2º lugar categoria Livre: Elite Empresa. Foto: Magda Rabie
3º lugar categoria Livre: Mercado Petrópolis. Foto: Magda Rabie

Feminino:

Campeã: Ousadas

Vice: UTFF

1º lugar Feminino: Ousadas. Foto: Madga Rabie

 

Veterano:

Campeão: Madeireira Incomar

Vice: Mercado Petrópolis

1º lugar Categoria Veterano: Madeireira Incomar. Foto: Magda Rabie

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Troféus:

Veterano:

Goleador: Osiel Hann – Fruteira Ideal

Goleiro menos vazado: Gerson Johann – Madeireira Incomar

Fair Play: Vila Nova

 

Feminino:

Goleadora: Daiana Ferreira – Ousadas

Goleira menos vazada: Janaina Vieira – Ousadas

Fair Play: UTFF

 

Livre:

Goleador: Guilherme de Souza – Mecânica Pedroso

Goleiro menos vazado: Jeison de Borba França – Mercado Petrópolis

Fair Play: San Carlos