Temperatura agora:   17.2 °C   [+]

Coluna da Comunidade Evangélica de Taquara

“Perdoa as nossas ofensas como também nós perdoamos as pessoas que nos ofenderam” (Mateus 6.12).

Nem tudo são flores em nossa vid. Há momentos de tristeza, de angústia, de ansiedade, de revolta, de dor. Achamos que a vida é cruel, que não merecemos passar por estas aflições. Mas, olhando ao nosso redor, percebemos que muitas outras pessoas também sofrem por algo em sua vida. Pode ser por causa de uma doença, a falta de emprego, desavença familiar, uma briga…. Tantas coisas abalam nossa vida.

Ficamos tristes quando membros da igreja se desentendem  por algum motivo, muitas vezes sem importância, e quem se sente ofendido sai de sua comunidade e procura outra denominação religiosa. Sempre penso: as pessoas passam, são substituídas por outras, nas diretorias, nos grupos, no ministério, mas permanece a igreja, fiel aos ensinamentos de Cristo, sua fé e seu trabalho missionário. Nós vamos, mas a igreja fica. Precisamos aceitar as pessoas como elas são, com seus defeitos e suas qualidades e dons. Por vezes ficamos cegos e não percebemos a riqueza de qualidades positivas que apresentam. É necessário aceitar e viver o perdão, pois somos todos justos e pecadores. (Semente de Esperança/ 2019 – Sibila B. Meneghetti).

COMUNICADO: Nossas atividades presenciais ainda estão canceladas.

P. Valmor Haag