Coluna da Comunidade Evangélica de Taquara

Comunidade Evangélica

Confira a mensagem do pastor Valmor Haag e a programação da Comunidade Evangélica.

“Assim como a chuva vem de cima, eu enviarei do céu a minha vitória. A terra se abrirá para recebe-la e fará brotar a salvação e a liberdade. Eu, o Senhor, farei isto” (Isaías 45.8).

Amigos do Panorama! A palavra mencionada de Isaías é bem especiais para este tempo de Advento. Quanta mensagem ela traz, comparando a nossa salvação com uma boa relação entre o céu e a terra. A terra é seca, não pode senão receber água do céu para viver. O céu precisa inclinar-se à terra e frutifica-la, e a terra precisa abrir-se receptivamente. Para que possamos ter raízes firmes e vida frutífera, precisamos abrir-nos, estender a mão da fé e receber o que o céu tem a nos dar.

O Advento de Deus é realmente um orvalho para a nossa terra e vida sedentas. Em tempos de crescente crise mundial de água, compreendemos cada vez melhor esta realidade. Temos sede de justiça, paz, felicidade. O orvalho do Advento de Cristo, destilando do alto para mim, fará crescer ajustiça em minha horta. De lá, poderei transportar frutos para os meus vizinhos. No Advento, aprenderei novamente o que significa ser acolhido e acolher. Acolher Jesus. Acolher aquele que, talvez, se tornaria rival ou inimigo. Acolher, na reconciliação, aqueles que, talvez, erraram comigo. E serei, talvez, acolhido por quem decepcionei, pelos que me amam e pelos que achei que iriam odiar-me. No Cristo que veio em Belém, que vem semanalmente no pão e no vinho da comunhão, que vem anualmente na comemoração natalina de sua Igreja, eu sou acolhido para sempre. Nele, posso, também, acolher os irmãos.

A justiça só será possível no mundo, quando uns acolherem os outros, como Deus acolheu a nós. Ela pode começar na minha horta, com o orvalho deste Advento. Amém. (baseado no texto de Manfred K. Zeuch – Castelo Forte)

P. Valmor Haag

PROGRAMAÇÕES:

Sábado, 22: Culto no Lar OASE às 15h

Domingo, 23: Culto na Igreja da Paz às 9h;

Segunda, 24: Culto na Igreja da Paz às 19h30

Sábado, 29: Culto no Lar OASE às 15h com Ceia do Senhor;

Domingo, 30: Culto na Igreja da Paz às 9h (homenagem aos aniversariantes)

Segunda, 31: Culto na Igreja da Paz às 20h com Ceia do Senhor.