Coluna da Comunidade Evangélica de Taquara

Confira a mensagem do pastor Valmor Haag e a programação da Comunidade Evangélica.

“Irmãos, reparai, pois na vossa vocação; visto que não foram chamados muitos sábios segundo a carne, nem muitos poderosos, nem muitos de nobre nascimento” (1 Coríntios 1.26).

Amigos do Panorama! Assim Cristo inicia seu reino por meio de leigos que não tinham instrução alguma e simples pecadores que não tinham estudado as Escrituras Sagradas. Perece absurdo que a igreja cristã começou com aqueles pobres coitados e com a escandalosa pregação de Jesus de Nazaré, crucificado, ridicularizado, cuspido, caluniado, maltratado de modo mais vergonhoso e, afinal, pregado na cruz e morto como agitador e blasfemo, como indica o letreiro no alto da cruz: Jesus Nazareno, o rei dos judeus”. No dia de Pentecostes prega-se publicamente a respeito desse Jesus. Os apóstolos dizem que Jesus foi vítima de violência e injustiça; que os que o crucificaram e mataram são diabos e inimigos de Deus, pecando gravemente e provocando a terrível ira de Deus. E por meio desta pregação começa o reino de Cristo e a igreja cristã.

É uma coragem admirável que demonstram os apóstolos e discípulos, e um grande consolo poderem pregar publicamente a respeito de Cristo no dia de Pentecostes. Quem mais seria tão corajoso e pregaria como eles pregaram? E em que consistem esta força e poder? Na Palavra e no espírito. Veja só o poder que Pedro tem! E não somente Pedro, mas também os demais. Como estão convictos do que dizem! Com que autoridade manejam as Escrituras, como se as tivessem escrito durante cem mil anos e assimilado perfeitamente. Eu não saberia manejar as Escrituras com tanta segurança, embora seja doutor nas Escrituras Sagradas. E aqueles são pecadores que tinham lido as Escrituras.

Assim, o cristianismo começou com a pregação de pobres pecadores, e por meio da pobre e desprezada obra de Deus, Jesus de Nazaré, pendurado na cruz. (palavras de Martim Lutero extraídas do Castelo Forte de 2017)

P. Valmor Haag

PROGRAMAÇÕES:

Sábado, 08: Culto no Lar OASE às 15h; Tarde Legal com as crianças às 15h.

Café Colonial no Ginásio do Dorothea das 15h – ás 19h (Programação do Grupo de Casais e OASE)

Domingo, 09 (Pentecostes): Culto na Igreja da Paz às 9h.