Temperatura agora:   13.9 °C   [+]

Coluna da Comunidade Evangélica de Taquara

“… as mulheres foram…. levando os perfumes… e quando voltaram do túmulo, contaram tudo isso aos onze apóstolos e a todos os outros” (Lucas 24. 1,9).

Amigos do Panorama! Jesus foi sepultado. Isso comprova que ele estava realmente morto. O que se segue, passa a ser narrado por Lucas a partir da perspectiva de algumas mulheres, discípulas, que acompanhavam o Mestre desde a Galileia e que não o abandonaram nem mesmo na hora final.
Para isso dirigiram-se ao sepulcro. Queriam ali cumprir os ritos fúnebres. Mas não conseguiram fazer o que pretendiam, pois o corpo de Jesus não estava mais onde fora colocado. A visão do túmulo vazio é complementada pela explicação de dois homens que ali estavam: “Ele não está aqui, mas foi ressuscitado” (Lucas 24.6).
Por essa ninguém esperava. Não importa quantas alusões Jesus tenha feito a isto. Ninguém era capaz de entender, porque parecia “loucura”.
As mulheres entraram no túmulo, viram-no vazio, ouviram a boa notícia da sua ressurreição e saíram de lá com uma nova perspectiva de vida. Também alguns discípulos foram até lá para conferir.
Não há como ter a perspectiva da nova vida, que resulta da ressurreição, sem entrar com Jesus no sepulcro. Não tem como pular esta etapa. É loucura, mas loucura de Deus. E essa é mais sábia do que toda a sabedoria humana. O túmulo esvaziado da morte é um mundo repleto de esperança. Que possamos viver nesta e desta esperança. Amém.

PROGRAMAÇÕES:
Tendo em vista a Pandemia do coronavírus, todas as atividades da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Taquara estão suspensas.

P. Valmor Haag