Como escolher bem uma impressora 3D

Assim como acontece com qualquer setor, quando muitas concorrentes começam a ofertar o mesmo produto e a demanda é elevada, os preços são reduzidos. Isso também acontece com a produção de impressoras 3D, onde o preço vem sendo reduzido gradualmente nos últimos anos. Há algum tempo era impensável ter uma destas em casa, hoje a loucura não é tão grande.

Ainda assim, não é fácil definir qual impressora comprar, já que existem diversos modelos, marcas e características que diferenciam um produto de outro. Para não se arrepender é preciso fazer uma escolha com sabedoria, optando por um equipamento que realmente vá te ajudar naquilo que é preciso.

Vale a pena investir em uma impressora 3D importada ou nacional?

Atualmente existem diversos sites que vendem impressoras 3D, onde é possível encontrar preços mais em conta do que o vendido nas lojas brasileiras, mas é preciso tomar cuidado para não cair em nenhum golpe ou armadilha, já que estas máquinas podem necessitar de suporte técnico. Em grupos do Facebook, por exemplo, é comum encontrar pessoas que compraram uma destas vinda da China ou de algum outro país.

Muitos deles acabam deixando o equipamento encostado, largado e sem funcionar, o que acaba acontecendo pelo fato de que a qualidade das peças produzidas não é compatível com o esperado e também pela falta de manutenção do sistema.

Neste ponto, destaque para o preço dos produtos vendidos em outros países, mas em relação a manutenção, o melhor a fazer é apostar nos modelos que são comercializados pelas empresas brasileiras, já que assim a vida útil delas tende a ser bem maior.

Desta forma, a nossa dica é para não ficar atento somente ao preço, é preciso entender quais são os riscos de importar um destes equipamentos e enfrentar problemas depois. O mercado brasileiro cresceu muito nos últimos anos e atualmente existem modelos bem interessantes, para os mais variados tipos de serviços.

Exemplos de modelos fabricados no Brasil

Vamos mostrar para você duas alternativas interessantes de impressoras 3D fabricadas no Brasil, que servem para a impressão de produtos e materiais voltados para as mais diversas áreas.

S3 – Sethi 3D

Essa impressora é fabricada pela Sethi 3D, uma empresa de Campinas, em São Paulo. É um equipamento com estrutura fechada em alumínio, com sistema de movimentação que faz os eixos X, Y e Z moverem.

É uma impressora que vem com um sensor de fim de filamento, sendo compatível com os principais filamentos do mercado, como PLA, ABS, PETG, Flex e outros conhecidos neste ramo.

R2 – Robo (3D Applications)

A 3D Robo R2 é vendida pela empresa 3D Applications, que tem sede na cidade paulista de Guarulhos, diferente do exemplo que mencionamos anteriormente, ela é fabricada no exterior, mas vendida no Brasil, assim existe suporte garantido.

Ela oferece uma série de recursos extras, que chamam atenção, como uma câmera integrada e a possibilidade de fazer a operação do equipamento por meio do celular. Sua carcaça é fabricada em nylon, o que dá um belo visual e qualidade.

Para ter uma delas é preciso desembolsar pelo menos R$ 12,4 mil, vindo com 12 meses de garantia.

Como escolher bem uma impressora 3D

Tem alguns pontos que você pode analisar antes de fechar a compra de uma impressora, é preciso ser bem objetivo neste momento, já que o investimento neste equipamento fica na casa dos milhares de reais, não é algo baratinho. Definimos isso em quatro tópicos, que vão lhe ajudar:

– Qual é o objetivo? É para usar em casa ou no trabalho?

– As peças serão usadas no que? É preciso de alguma característica especial?

– Você tem conhecimento sobre impressão 3D e eletrônica?

– Qual o orçamento para investir?

Responda essas questões, isso vai ajudar você a definir quais são os parâmetros para fazer a escolha do modelo de impressora 3D. É importante fazer a compra certa, para não se decepcionar depois com os resultados das impressões. Viu como não é apenas o preço que importa nesta decisão?

As impressoras 3D servem para os mais variados serviços, indo desde a impressão de uma pá para ventilador até um carro. Se você domina programas em três dimensões, pode ser uma boa ideia apostar neste tipo de equipamento.

Texto por: 3D Criar