Temperatura agora:   14.7 °C   [+]

Coronavírus: Taquara esclarece número de casos divulgados em boletim desta quinta-feira (21)

A atualização dos casos de infecção por Covid-19 em Taquara gerou polêmica nesta quinta-feira (21). Isto porque a Secretaria de Saúde estadual divulgou três supostos novos casos no município, na tarde desta quarta-feira (20), contrariando os registros do boletim da Prefeitura da mesma data – que não apresentou casos confirmados, tampouco suspeitos do novo coronavírus. A situação ganhou ainda mais atenção, na manhã desta quinta-feira, quando a Prefeitura registrou mais um caso com resultado negativo e mais um caso confirmado (curado) – que não haviam sido contabilizados como suspeitos, anteriormente.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Procurado pela reportagem do Jornal Panorama, o secretário de Saúde do município, Vanderlei Petry, esclareceu a situação. Disse que o estado divulgou os casos já contabilizados pelo município, que não se tratavam de casos novos. Já sobre os novos casos (um negativo e um confirmado – mas curado) divulgados nesta quinta-feira (21), Petry e a enfermeira Andressa Martins explicaram que ambos foram informados à secretaria taquarense depois que o boletim diário, desta quarta-feira (20) havia sido publicado (a atualização acontece sempre às 11h), por isso só foram divulgados na atualização desta quinta-feira.

Andressa relatou que o novo caso descartado (homem, de 18 anos) – o 23º, desde que Taquara iniciou os testes – foi testado no Hospital São Francisco de Assis (HSFA), de Parobé, e a secretaria de Saúde taquarense só teve conhecimento depois que o resultado já havia sido liberado. Já o novo caso confirmado e curado (mulher, de 50 anos) – o 6º, desde que o município iniciou os testes – foi testado em laboratório particular, na terça-feira (19), mas a secretaria de Saúde taquarense só foi informada nesta quarta-feira (20) à tarde.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


De acordo com Andressa, a secretaria trabalha no mapeamento de pessoas que tiveram contato com a paciente curada, para monitorar possíveis novos casos de Covid-19, bem como a situação de saúde dessas pessoas. A enfermeira destacou que o trabalho, relacionado à pandemia, é bastante intenso, e que os testes são realizados tanto nos hospitais, quanto em laboratórios particulares. Dessa forma, o estado divulga os números somente depois de ser informado pelas secretarias de Saúde municipais, o que acaba gerando algumas dúvidas na população.

“Nós reunimos os dados dos hospitais e laboratórios, que às vezes demoram um pouco, e repassamos ao estado. Quando eles divulgam, muitas vezes, os registros já estão absorvidos nos nossos boletins. Não significa que sejam casos novos”, explicou Andressa.