Dalciso Oliveira lança candidatura a deputado estadual

Vice-prefeito de Igrejinha realizou evento com apoiadores e amigos.

O vice-prefeito de Igrejinha, Dalciso Oliveira (PSB), lançou, na última sexta-feira (17), sua campanha a deputado estadual. O ato levou, segundo os organizadores e líderes partidários, mais de mil pessoas, apoiadores e amigos, ao ginásio do Esporte Clube Igrejinha, em Igrejinha. Na ocasião, Dalciso defendeu a bandeira de uma região mais valorizada, através da representatividade política.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Presente ao evento, o prefeito de Igrejinha, Joel Wilhelm, declarou seu apoio ao seu companheiro de chapa nas eleições de 2016. “O Dalciso é um grande gestor, parceiro. Em nosso governo, chegamos ao marco de 36 obras inauguradas graças a um trabalho incansável de toda a equipe. A região tem grandes potenciais e merece sim um representante de coragem. Precisamos cravar a bandeira do Vale do Paranhana dentro da Assembleia Legislativa!”, disse Joel.

“O Vale do Paranhana é um lugar incrível. Tem belezas naturais incontestáveis, grandes eventos que são sucesso de público e, sobretudo, uma população valorosa, que não tem medo de acordar cedo e correr atrás de seus objetivos de vida”, afirma Dalciso. “O setor econômico também merece destaque. Eu gosto de lembrar que no início dos anos 1990 a região era a maior produtora de calçados femininos do mundo! E, até hoje, é responsável por uma parcela significativa do PIB gaúcho, somando mais de R$ 5,9 bilhões. Não podemos deixar toda essa grande região fora dos principais projetos do Rio Grande, não podemos deixar que este potencial e nossa gente continuem às margens do fomento no Estado. Precisamos estar dentro das discussões, batalhando pelo que é nosso. Precisamos ter forte representatividade política em nível estadual!”, disse o vice-prefeito, que também é empresário do setor calçadista.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Dalciso defende uma região mais valorizada e um estado mais eficiente, beneficiando a geração de empregos e renda. Divulgação/Guilherme Augusto de Souza