Editorial: transparência que merece ser ressaltada

Opinião do Jornal Panorama sobre a primeira prestação de contas da nova mantenedora do Hospital de Taquara.

Por mais de uma vez, o Jornal Panorama se manifestou em relação às questões que envolvem o Hospital Bom Jesus, de Taquara. Sempre, a cobrança foi por garantia de atendimento de qualidade à comunidade e por devida transparência. Em vários editoriais, publicados nas edições impressas e digitais, o jornal cobrou a divulgação dos dados financeiros do hospital, independentemente dos gestores que estavam à frente do hospital. É de se saudar, portanto, a medida tomada nestes primeiros dias de atividade da Associação Silvio Scopel, com a reunião pública realizada nesta quinta-feira. Quiçá continue desta forma.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Como este jornal já ressaltou, acompanhamos o caso do Hospital de Taquara (ou dos hospitais?) há muitos anos. A preocupação com o bom atendimento de saúde pública à população sempre esteve presente nas páginas do Panorama, desde a sua fundação. Não seria diferente na atual crise. Todos os passos foram acompanhados, e com a independência necessária, divulgados. Panorama cumpriu, e assim continuará a fazer, o seu papel de informar todos os desdobramentos das questões envolvendo o hospital.

A reunião pública promovida pela nova entidade mantenedora do hospital apresentou os números dos primeiros dias de atividades (publicados aqui) e revelou as equipes responsáveis pelas novas gerências da casa de saúde (disponíveis aqui). Também relacionou as falhas que terão de ser corrigidas. Esta transparência é salutar. Continuando assim o hospital, certamente, assegurará o necessário apoio da comunidade para o desenvolvimento de suas atividades, bem como a tão falada, e imprescindível, retomada de credibilidade. E é importante a comunidade estar atenta à licitação e/ou chamamento público que deverá escolher, conforme a determinação judicial, a entidade que ficará responsável pela gestão do hospital.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE