Eleitas as soberanas da 31ª Oktoberfest de Igrejinha

Escolha aconteceu no espetáculo Uma História de Amor realizado neste domingo.

A mistura de música, dança e artes circenses foi a forma encontrada pela Associação de Amigos da Oktoberfest de Igrejinha (Amifest) para revigorar a escolha das soberanas da 31ª festa de outubro. E deu certo: com ginásio lotado, a comunidade igrejinhense assistiu, na noite deste domingo (22), a um lindo evento, que corou como princesas Júlia Schneider Götter, 23 anos, e Bárbara Carolina Sparrenberger, 20. A rainha eleita é Natália Alves Schmitt, 20 anos.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O espetáculo Uma História de Amor mobilizou 220 pessoas, número superior ao que inicialmente a própria Amifest calculou, de que 180 integrantes estariam envolvidos. O ginásio ficou lotado, resultado da venda antecipada de ingressos, que se esgotaram no meio da semana. Mais uma vez, o presidente da Oktoberfest, Luis Schüler, agradeceu o apoio da comunidade às mudanças que estão sendo implementadas na festa neste ano, sendo a primeira delas a modificação no próprio formato de escolha das soberanas. Antes, era realizado um baile, que neste ano deu lugar ao espetáculo.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Em 12 capítulos, foi ressaltada a história da imigração alemã em Igrejinha, o desenvolvimento do município, mostrando a importância da indústria calçadista, por exemplo, e a colonização alemã, com o kerb, as bandinhas típicas e os grupos de dança. Em seguida, veio a retratação da própria Oktoberfest e o amor da comunidade com a festa. No meio do espetáculo, as candidatas apresentaram seus discursos e ressaltaram aos jurados os motivos pelos quais se inscreveram e buscavam uma vaga na corte. As eternas soberanas foram homenageadas.

Momento especial do espetáculo também foi a despedida das soberanas da 30ª edição, Stephanie Braz da Silva (rainha), Vanessa Cardoso e Dominique da Silva (princesas). Elas receberam homenagens e o carinho do casal presidente do ano passado, Márcio Linden e Analise Beatriz Linden. Depois, Vanessa e Dominique apresentaram ao público, utilizando um painel com fotos das candidatas, quem seriam suas substitutas como princesas. Para a apresentação da rainha, foi utilizado um mistério: ela veio em um trono que estava dentro de uma caixa surpresa. Depois, recebeu a coroa de Stephanie.

Na primeira manifestação ao Jornal Panorama e à Rádio Taquara, depois de eleitas, a rainha Natália e as princesas Júlia e Bárbara ressaltam que farão o melhor possível, daqui para a frente, para representar a Oktober. “É uma festa que amamos”, destacaram as soberanas. “Queremos passar todo o amor que temos com a Oktoberfest para que as pessoas também possam amar da mesma forma a nossa festa”, ressaltou Bárbara. “Nosso objetivo é fazer a Oktoberfest manter o mesmo sucesso”, acrescentou Júlia, enquanto a rainha reforçou a honra das três em serem as soberanas do evento.

Presidente Luis Schüler, Júlia, Natália e Bárbara e a esposa do presidente, Ione Schüler. Vinicius Linden/Jornal Panorama