Temperatura agora:   14.2 °C   [+]

Empresa assegura retomada do recolhimento de lixo em Taquara

Pela segunda vez neste ano, o recolhimento de lixo voltou a sofrer problemas em Taquara no decorrer desta semana. Na terça-feira, muitos locais da área central não tiveram o serviço realizado pela empresa responsável. O motivo foi o atraso no pagamento por parte da Prefeitura. Na semana, a administração colocou em dia parte do valor devido e estabeleceu um calendário de quitação dos débitos, o que fez com que o lixo voltasse a ser recolhido.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O sócio-proprietário da empresa Onze Construtora e Urbanizadora, Vinicius Cardoso, informou ao Jornal Panorama que o serviço passou por um processo de remodelação durante a semana. A Prefeitura contrata três equipes e três caminhões, mas, por sua iniciativa, a Onze coloca cinco caminhões e seis equipes. Diante dos atrasos, que somariam três meses de contrato, a Onze decidiu, segundo Vinicius, reduzir o serviço ao montante contratado. Com isso, alguns trechos poderiam ficar para trás, mas seriam colocados em dia na medida do possível.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Ainda na quarta-feira, porém, a direção da Onze manteve reunião com a Prefeitura de Taquara. Cardoso informou, nesta sexta-feira, que a Prefeitura pagou 7% do valor devido e estabeleceu datas para outros pagamentos. Com isso, a empresa adiou a remodelação do serviço e manteve as seis equipes e cinco caminhões, com a coleta sendo realizada normalmente conforme o calendário divulgado pela Prefeitura.

Em entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara, o secretário de Orçamento e Finanças, João Carlos de Moura, confirmou atrasos da Prefeitura ao serviço de recolhimento de lixo, em função das dificuldades financeiras enfrentadas pela administração. Mas, disse que o Executivo faria o possível para negociar um acerto com a empresa responsável, de forma a manter o serviço e não causar qualquer problema à comunidade.