Entidades Gaúchas do Trabalho realizam Feira de Aprendizagem voltada a estudantes e empresas

Terceira edição do evento acontece nos dias 13 e 14 de novembro, na PUCRS.

O Fórum Gaúcho de Aprendizagem Profissional  (Fogap) e o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepeti) realizam, nos dias 13 e 14 de novembro, a terceira edição da Feira de Aprendizagem Profissional, voltada a estudantes e administradores de empresas. O evento acontece no Centro de Eventos da PUCRS (Av. Ipiranga, 6681, prédio 40), apoiadora da programação, e reunirá 37 entidades formadoras de todo o Estado, que apresentarão os cursos oferecidos e farão um pré-cadastro de interessados, com entrada franca. Participam entidades formadoras do sistema S, escolas técnicas e entidades sem fins lucrativos, além de órgãos públicos.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O objetivo é divulgar, entre jovens de 14 a 24 anos e entre administradores de empresas, detalhes sobre a aprendizagem profissional e seus benefícios, além da inclusão das pessoas com deficiência. O evento principal ocorre no primeiro dia (13), das 9h às 20h. A audiência coletiva será voltada a cerca de 500 empresas de todos os setores econômicos, as maiores dos 34 municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre que ainda não cumpram a cota reservada por Lei a aprendizes.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A audiência é convocada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e pela Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), do Ministério da Economia, que integram o Fogap, com a participação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT4). No Estado, estima-se que haja um déficit de mais de 27 mil vagas não preenchidas de acordo com a legislação.

O evento encerra no dia 14 de novembro, às 16h. Ainda haverá palestras, divulgação de material explicativo das atividades exercidas e cursos oferecidos pelo sistema S e pelas entidades formadoras. Serviços como emissão de carteira de trabalho e apresentações culturais fazem parte da programação, que acontece no palco principal, em paralelo à visita do público aos stands das entidades participantes.

A última edição da Feira, em 2017, recebeu cerca de três mil pessoas, que participaram de dois dias de atividades. O MPT reverte valores para a instalação dos stands, impressão de material informativo e licenças de exposição. Esta edição da Feira faz parte da celebração dos 10 anos do Fogap e dos 25 anos do Fepeti.