Temperatura agora:   16.4 °C   [+]

Equipe do SAMU/Taquara faz apelo à comunidade com campanha “Estamos aqui por você fique em casa por nós”

Agentes do SAMU pedem para que a população fique em casa, o que irá reduzir a transmissão do coronavírus.
Foto: Divulgação / Ricardo Santos Fotografia

Em tempos de grandes incertezas, devido o avanço desta pandemia de coronavírus (Covid-19), alguns profissionais seguem se arriscando e se doando para o bem da maioria da população. Esse é o caso dos Bombeiros, Polícias Civil e Militar, Agentes Penitenciários, Guardas Municipais e, entre outros profissionais, na linha de frente contra o novo vírus estão Médicos, Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem e demais funcionários ligados à área da Saúde. Algumas campanhas de agradecimento a esses profissionais têm surgido nas redes sociais e na imprensa em geral. Como é o caso da campanha “Aplausos aos profissionais da Saúde”, que tem unido diversas pessoas em todo o país para, em determinado horário do dia, aplaudirem juntos esses profissionais.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Mas, os agentes de saúde que estão em seus trabalhos, nesse momento do surgimento de uma pandemia, para dar o primeiro atendimento à população, também lançaram a sua campanha: “Estamos aqui por você, fique em casa por nós!”. A campanha está tomando grande proporção e tem o intuito de pedir para que os cidadãos obedeçam a solicitação dos governantes e permaneçam em suas casas, para que evitem uma transmissão, ainda mais rápida, do novo coronavírus.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


E foi isso que fez o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Taquara. Uma imagem divulgada nesta sexta-feira (20), em redes sociais reforçou o pedido à comunidade para que fiquem em suas residências.  A responsável técnica da unidade de Taquara, enfermeira Cíntia Kerschner, detalhou o pedido dos socorristas à população.

“O mundo está passando por um momento de apreensão e medo, algo que ninguém estava preparado, nem mesmo os profissionais de Saúde. Nunca tivemos tão perto a noção de que algo aconteceria aqui no Brasil, aqui no nosso Estado, aqui no nosso Município ou ainda aqui nos nossos bairros ou nas nossas casas. Deixo em particular o meu pedido. Vamos nos unir mais, ter mais compaixão, mais empatia, mais solidariedade, mais amor, mais fé, mais oração, e, principalmente, mais Deus! No final das contas, após estes turbilhões de incertezas e medos eu desejo que sejamos mais família, que possamos aprender que indiferente de condições sociais, financeiras, estamos todos no mesmo barco, que nossa força é apenas uma, que possamos ter aprendido que o trabalho não é tudo, o lazer não é tudo, que status não é tudo”, afirmou Cíntia.

Conforme o Ministério da Saúde (MS), o SAMU ‘tem como objetivo chegar precocemente à vítima após ter ocorrido alguma situação de urgência ou emergência que possa levar a sofrimento, a sequelas ou mesmo à morte. São urgências situações de natureza clínica, cirúrgica, traumática, obstétrica, pediátrica, psiquiátrica, entre outras’. O SAMU atende através de ligações para o número 192.