Escola de Parobé realiza ações para participar de feira no Chile

Destaque de Educação
Diretor Wagner, com as alunas Taila, Renata e Juliane em entrevista à Rádio Taquara. Vinicius Linden/Jornal Panorama

Classificadas durante a Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), realizada em Novo Hamburgo no mês de novembro, alunas da escola Getúlio Vargas, de Parobé, estão arrecadando recursos para a viagem internacional ao Chile. Na ocasião, elas apresentarão o projeto desenvolvido na 9ª Expo-Ciências Latinoamericana ESI AMLAT 2018, que ocorrerá em Antofagasta, no norte do Chile.



A feira ocorrerá de 2 a 6 de julho. Devem participar da mostra as alunas Renata Carvalho, Juliane Alves, Taila Vieira e Eduarda Santos, junto com os professores da escola. Na semana passada, elas estiveram no programa Painel 1490, da Rádio Taquara, junto com o diretor da escola, Wagner Reis. Na ocasião, explicaram o projeto Gipsita, que conquistou o segundo lugar na Mostratec, na categoria do sétimo ao nono ano, garantindo a credencial para a feira chilena.

Segundo as alunas, a proposta teve a orientação da professora Ana Michele de Moraes. O trabalho trata do desperdício de giz na sala de aula. Por meio do projeto, foram descobertas novas aplicações para o material desperdiçado, como, por exemplo, adubo ou, até mesmo, um tipo de argamassa resistente que pode servir para pequenos consertos em residências.

Segundo o diretor Wagner, para a participação na feira, a escola conta com o apoio da Secretaria de Educação de Parobé, que bancará as passagens aéreas. Contudo, ainda faltam R$ 9 mil para assegurar despesas como hospedagem e alimentação. Para tanto, estão sendo feitas campanhas de arrecadação, como a venda de uma rifa, ao preço de R$ 1,00, e um brechó, que ocorrerá em março, junto à Rua Coberta de Parobé. A escola está recebendo doações da comunidade de materiais que possam ser vendidos neste brechó. Além disso, interessados em contribuir com doações em dinheiro também podem procurar a escola Getúlio Vargas e conversar com os professores responsáveis. O telefone de contato do educandário é 3953-1055.

Acompanhe em vídeo a entrevista à Rádio Taquara das estudantes e do diretor da escola de Parobé:

Compartilhe nas redes sociais: