Temperatura agora:   15.3 °C   [+]

Estacionamento da Câmara de Taquara gera discordância pública entre Sirlei Silveira e Guido Mário

Sirlei Silveira divulgou placa informando estacionamento para visitantes, instalada em 2019, e como ficou, após determinação de retirada da exclusividade por parte do atual presidente da Câmara. Guido Mário disse entender que Câmara não deve privilegiar ninguém.
Montagem sobre fotos de redes sociais.

A Câmara de Vereadores de Taquara terá, nesta segunda-feira (3), sua primeira sessão do ano de 2020. Não é uma reunião ordinária, em que ocorre a discussão de projetos e a palavra em expediente (pronunciamento) dos vereadores, mas sim uma sessão solene para a instalação da legislatura, a partir das 17 horas. Uma primeira polêmica dominou os debates nas redes sociais, neste final de semana: foi a troca de críticas entre a ex-presidente Sirlei Silveira (PTB) e o atual presidente Guido Mário Prass Filho (PP). O pano de fundo da discussão foi o estacionamento da Câmara de Vereadores.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Dizendo-se triste e confusa, Sirlei disse que, em 2019, fez investimentos visando ao acolhimento do cidadão na Câmara. “Entre tantos realizados, o que considero ter sido de extrema relevância foi a pavimentação com blocos de cimento do terreno localizado ao lado da Câmara, que passou a servir, juntamente com o espaço dos fundos, para o estacionamento dos funcionários e vereadores. Essa melhoria no terreno ficou ótima, pois possibilitou a liberação do pátio da frente para a municipalidade. Em 2019, o cidadão taquarense estacionava, com prioridade, na frente da Câmara de Vereadores”, comentou a vereadora.

A ex-presidente afirmou que a medida terminou no início deste ano. Segundo ela, as placas do pátio que possuíam a orientação de estacionamento privativo para visitantes foram cortadas, restando apenas “estacionamento”. “Nesse início de ano, a minha gestão foi criticada e alardearam que, em 2020, as ações serão em prol da nossa gente! O discurso foi ensaiado e bem escrito, só esqueceram de alinhar com a prática”, avaliou a parlamentar.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Também em publicação nas redes sociais, o presidente da Câmara disse que a colega teria feito postagem com mentiras. “Lamentável a vereador se utilizar de uma questão meramente organizacional do Legislativo para fazer média nas redes sociais, quando poderia simplesmente ter me contatado e sanado suas dúvidas”, disse. Sobre o fato do estacionamento, Guido afirma que tomou a iniciativa de mandar retirar a inscrição “exclusividade para visitantes” do estacionamento frontal da Câmara, exatamente como fará com o espaço dos fundos, até então exclusivo aos vereadores, por achar que ninguém deve ser tratado diferente ou ter privilégios. “Afinal, entendo que se o Poder Legislativo é a casa do povo, é a eles que temos que servir”, disse Guido.

Guido afirma que Sirlei, em muitas oportunidades, teria estacionado no local que seria exclusivo para visitantes, e lamenta não ter registrado em foto, mas diz que vai averiguar nas câmeras se ainda há esse registro. “Portanto, totalmente descabido vir agora distorcendo os fatos e querendo parecer preocupada com a comunidade”, afirmou, dizendo que prega o respeito mútuo entre os colegas e que, na condição de presidente, não pode se omitir e permitir o que considerou um ataque infundado. Guido ainda fez outras críticas à gestão de Sirlei Silveira referindo-se a gastos no comando da Câmara.