Famílias atendidas em serviço de convivência têm confraternização em Taquara

Geral

Cem cestas básicas foram distribuídas através de doação do mutirão de Natal do IACS.

Uma linda e emocionante festa foi promovida às famílias que participam dos grupos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação. Cerca de 300 pessoas participaram do evento que ocorreu na noite da quarta-feira, 19, no ginásio do Colégio Theóphilo Sauer. Cem cestas básicas, recebidas do mutirão de Natal do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul, foram doadas às famílias carentes, inscritas no CRAS, que participaram do momento.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Quem participou do evento também prestigiou diversas apresentações artísticas e culturais das oficinas realizadas pelo CRAS e de convidados. Houve apresentação da dupla sertaneja Fábio e Fernando; de Dança Gaúcha, Capoeira, Música Gaúcha (com alunos do CRAS, da EMEF Nereu Wilhelms e da EMEF Getúlio Vargas); de Hip Hop com o grupo Aprendizes, da ONG Vida Breve e apresentação de teatro. O momento proporcionou lanches a todos e distribuição de algodão-doce, pelo parceiro Cemil Motos e diversos brindes. Também houve parceria da Padaria Tia Célia e do grupo de idosos do CRAS.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, através do CRAS, desenvolve o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, atendendo cerca de 300 pessoas, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos. Atualmente. Conta com uma equipe de seis educadores sociais que desenvolvem oficinas nas áreas de Esportes, Capoeira, Música Gaúcha, Dança Gaúcha, Artesanato e Fotografia. Também tem a parceria da ONG Vida Breve que desenvolve, semanalmente, oficina de Hip Hop. O SCFV tem como objetivo prevenir situações de risco social, ampliar trocas culturais e de vivência, fortalecer vínculos e incentivar a socialização e a convivência comunitária. Além das oficinas realizadas em diversos locais centrais da cidade, há a parceria das EMEFs Getúlio Vargas, Nereu Wilhelms e Rudi Lindemeyer e do CIEP.