FELIPE ARTHUR FLESCH

FELIPE ARTHUR FLESCH


Administrador, 35 anos. Filho de Mayra Oliani Flesch e Adair Flesch. Gerente de Desenvolvimento Regional, na Sicredi Nordeste/RS.


 

Quais são as lembranças marcantes sobre sua história? A docência traz muitos momentos gratificantes, mas um dos maiores foi a primeira vez em que fui convidado para ser paraninfo de uma turma de Ensino Técnico em Administração na cidade de Rolante. A primeira Libertadores conquistada no Beira Rio, onde pude presenciar o título com grandes amigos. O depoimento de agradecimento de duas senhoras a colegas do Sicredi, sobre minha participação em uma atividade realizada em um Lar de idosos de Três Coroas. O simples fato de parar e escutar a história de vida de alguém vale mais do que qualquer coisa.
Conte-nos de sua relação com Taquara: sou natural de Taquara, estudei no Colégio Santa Teresinha e na FACCAT. Aqui cresci, me desenvolvi enquanto pessoa e profissional, e cultivo grandes amizades.
O que você gosta na sua personalidade? Estabeleço vínculos de confiança e respeito com as pessoas e também tenho facilidade em me relacionar.
Como você se define profissionalmente? Obstinado com foco no resultado, competitivo, disciplinado e com boa capacidade de execução. Conto com um time forte e uma grande empresa.
O que gosta de fazer no tempo livre? Confraternizar com meus amigos, família e namorada. Viajar. Contemplar a natureza, estar perto do mar, nadar, caminhar na beira da praia, ler um livro.
Um hobby: curto experiências e atividades relacionadas a diferentes tipos de esportes radicais.
Um temor: a insegurança e perder pessoas queridas.
Um filme ou livro: o filme mais marcante foi Gladiador, que retrata a história medieval e aspectos voltados à liderança. Livros, prefiro os técnicos, o último que li foi “As 4 Disciplinas da Execução”, que descreve o foco na meta crucialmente importante.
Um prato: churrasco.
Uma personalidade: Cito duas do meio do esporte: Ayrton Senna, pela disciplina nos treinos, foco e determinação pela vitória. E mais recente o técnico Tite, pela sua humildade, conhecimento técnico e gestão de pessoas.
O que você gosta de ouvir: sou eclético, mas prefiro músicas que energizam e levantem o astral.
Qual seu maior sonho: constituir uma família, ser feliz e contribuir com a felicidade e desenvolvimento das pessoas que me cercam.
Deixe uma mensagem aos leitores do Panorama e à Taquara: Mesmo algo que sai fora do planejado pode ser um convite para reinventar e gerar aprendizados.(da palestra A New Cognitive Model for Business Success In Changing Times com Bob Deutsch).

Desejo, nesses 131 anos, que o município de Taquara se desenvolva cada vez mais, e principalmente que seu povo permaneça vivendo feliz e tendo orgulho de onde moram. Porque as pessoas são a principal parte dessa história e responsáveis por liderar o nosso desenvolvimento.


There is no ads to display, Please add some
Compartilhar nas redes sociais: