Temperatura agora:   15.2 °C   [+]

Guido Mário divulga esclarecimento após fala polêmica na Câmara de Taquara

Guido Mário Prass Filho (PP) usou a frase “é que quando tem carniça o abutre encosta” e gerou polêmica na internet. Foto: Arquivo / Panorama

O presidente da Câmara de Vereadores de Taquara, Guido Mário Prass Filho (PP), divulgou, nesta quinta-feira (12), um esclarecimento à comunidade. O texto vem a público após uma fala polêmica do presidente, depois de pronunciamento do colega Luis Felipe Luz Lehnen (PSDB) no Legislativo. Após Guido mandar encerrar a fala de Lehnen, devido ao término do tempo, houve um bate-boca entre o presidente e o vereador tucano, momento em que Lehnen reclamou que a oposição teria tratamento diferenciado de Guido. O presidente negou essa hipótese, disse que outros vereadores da oposição já teriam falado sobre o tema do hospital, assunto do pronunciamento de Lehnen, e que o tucano queria “tripudiar em cima da casa”. Houve aplausos do público presente, e Guido falou: “é que quando tem carniça o abutre encosta”.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


No texto divulgado nesta quinta-feira, Guido diz que faz questão de registrar sua posição e atitudes para com relação ao hospital, afirmando que repercutiram nas redes sociais distorções de falas proferidas na última sessão legislativa. “Talvez eu tenha me válido de termos chulos para um assunto tão sério, o que não deveria acontecer, mas que infelizmente surgiram no calor do debate. O momento é de preocupação, e quando me manifestei, nada mais quis dizer de que infelizmente temos algumas pessoas maldosas que querem aproveitar uma situação de crise somente para tirar proveito político e eleitoral, jamais iria agredir os funcionários do hospital nem qualquer pessoa da comunidade como foi mencionado nas redes sociais. Registro meu pedido de desculpas para todos aqueles que de alguma maneira se sentiram ofendidos, mas reafirmo minhas críticas para os maldosos que somente querem ver a situação piorar para se aproveitar politicamente”, disse.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Guido relembra que o hospital sofria uma intervenção judicial e afirma que sempre acompanhou de perto o assunto e os esforços da Prefeitura de Taquara. Lamentou que a Scopel saiu antes do prazo de 30 de março, “deixando todos na mão”. “Essa suspensão de serviços por alguns dias, óbvio que não é o ideal, mas nos dá tempo para organizar a casa, começar do início, fazer tudo com mais calma, com organização e com todos os pontos sendo analisados”, disse o presidente, repercutindo as informações da Prefeitura de Taquara de que há negociações em andamento com outra entidade.

“O momento requer empenho e participação de todos, eu não vou me furtar e ficar de braços cruzados, pois ainda na última sexta-feira quando anunciada a saída da Scopel, eu e meus colegas Vereadores Telmo, Levi, Mônica, Sandra, Adalberto, Marlene, Magali, Moisés e Preto prontamente pedimos audiência com o Prefeito Titinho e com o Dr. Hélio, Vice-prefeito e nos colocamos à disposição, vamos manter e aumentar ainda nossas economias na Câmara e vamos mensalmente devolver valores à Prefeitura para ajudar a manter o hospital. Infelizmente, o engajamento na solução deveria ser de todos, mas infelizmente alguns preferem comemorar essa situação difícil a ajudar, pois o único intuito é levar vantagem política e tentar desmoralizar a administração”, disse Guido.

Confira a íntegra do post de Guido: