Temperatura agora:   14.2 °C   [+]

Homens que respiram pela barriga, por Inge Dienstmann

Homens que respiram

pela barriga

Será fato que li, ou me disseram, que os cães transpiram pela língua? E que por isso babam em tudo depois que correm e brincam bastante … Será fato ou imaginei tal coisa? Droga, estou sem internet e não posso me socorrer do Google para tirar a dúvida!Teria eu imaginado isso sobre os cães? Não seria de duvidar; minha imaginação às vezes me foge ao controle. É o caso quando vejo um homem com a camiseta levantada até o peito, expondo despudoradamente o abdômen.Pronto! Aposto que vocês imaginaram que me perturbo com aquele tanquinho, os gominhos… a cara de safado do moço, com os olhos semicerrados…Quem dera fosse essa a cena dos meus devaneios! Eu me refiro mesmo é aos reles mortais; nada de deus grego! Falo dos barrigudos que habitam nosso dia-a-dia, que enrolam a camiseta acima da barriga, como se ali residisse toda agonia calorenta destas criaturas (me perdoem) sem noção. Toda vez que vejo uma cena do tipo, me vem à cabeça a ideia de que os homens devem respirar pela barriga, pois é por ali que parece residir toda agonia calorenta destes seres.Claro que a cena fica mais “agressiva” quando o autor da façanha tem aquelas medidas protuberantes tão comuns à nossa volta. Porém, mesmo que seja um garotão malhado, circular com a camiseta arregaçada ou, pior, sem camisa alguma, em ambiente que não seja de praia, piscina ou afim, acho de tremendo mau gosto.Na cozinha é indigesto; na sala e à mesa, muma afronta; no jardim, exibindo para os vizinhos, atestado de descompostura!Estou exagerando? Me achou chata, preconceituosa, retrógada? Então aguarde!Nem só de homens é formado o universo dos sem noção! O que dizer daquela garota de rosto lindo, dentes perfeitos, cabelos fartos e brilhantes, pele aveludada, bumbum atrevido, pernas torneadas – mas um pouco acima do peso – e que resolve mostrar, com uma mini-blusa e calça de cintura baixa, a única coisa que ela tem de vulnerável – a barriga proeminente e pontuada de celulite? Ignorando que um palmo acima – o colo bonito poderia insinuar os seios fartos, estes desmoralizados pela vizinha do andar de baixo – a pança desestimulante!E as fofas que, usando uma calça do tipo legging, desenham tudo e mais um pouco que deveria ser disfarçado: a anca larga contrastando com o tornozelo fino, o culote indesejado, e mais uma vez ela: aquela dos furinhos, das ondulações feito casca de laranja. Ah! E ia esquecendo a cereja do bolo – a calcinha fio dental dois tamanhos menor do que o indicado, só porque a dona se convenceu de que usa P.Talvez por estas e outras que eu amo espelhos! Quanto mais pela casa, melhor. São grandes conselheiros, mais sinceros até que a “best friend”, que muitas vezes teme nos ofender, ou que nem é tão “best” assim e nos dá bola nas costas: “ai, arrasou, miga”! Sim! Arrasou as chances de causar na balada e de arrebatar o boy da noite…Mas, eu sei, ninguém é perfeito. Muito menos acho que eu seja. Porém gosto dos conselhos do meu “desconfiômetro”, que depois dos 50 me aconselhou a usar roupas com cortes um pouco mais soltos, peças que cubram o “derrière”, tons mais escuros, pretinho essencial, que de básico pode até ter bem pouco.Como aprendi a esconder o que os muitos espelhos me aconselham a disfarçar, com frequência ouço as atendentes das lojas dizendo: “mas eu acho que o tamanho M dá!” – quando eu chego pedindo G. E não é que às vezes o M dá mesmo? Mas só depois de eu já ter provado um G, e obtido a certeza de que ele não seria mesmo meu melhor aliado.Ps: estranharam minha implicância com homens descamisados. Então esperem, mais adiante relatarei minha visita a um centro de nudismo!

Inge Dienstmann
Jornalista, de Taquara
[Leia todas as colunas]