Temperatura agora:   15.6 °C   [+]

Hospital Bom Jesus é reaberto e passa a ser referência no atendimento à Covid-19

Pronunciamentos, breves, marcaram a reabertura do HBJ na manhã desta quinta-feira (16). Foto: Alan Júnior/ Jornal Panorama.

O Hospital Bom Jesus (HBJ), de Taquara, foi reaberto na manhã desta quinta-feira (16) e, passou a ser referência no atendimentos aos casos do novo coronavírus para os municípios do Vale do Paranhana, e também às cidades de São Francisco de Paula e Cambará do Sul. Isso porque a casa de saúde foi reaberta com capacidade de atendimento, inicial, de 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – adequados para atender a pacientes infectados pela Covid-19 – e mais 20 leitos clínicos. A reportagem do Jornal Panorama e Rádio Taquara acompanhou a solenidade que marcou a reabertura da casa de saúde local, e trouxe os detalhes sobre os atendimentos.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Conforme informaram o prefeito, Tito Lívio Jaeger Filho, e o presidente da Associação Hospitalar Vila Nova (AHVN), Dirceu Dal’Molin, o número inicial de leitos de UTI poderá ser duplicado nos próximos dias – assim que o hospital receber os equipamentos do governo estadual, tais como respiradores, por exemplo – de acordo com a necessidade que se apresente. Tito destacou que o “reforço” na estrutura permitirá um enfrentamento maior à pandemia do novo coronavírus, e só será possível graças à parceria entre a Prefeitura e o governo do estado – já que o hospital será 100% Sistema Único de Saúde (SUS).


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Destacando como propósito a transparência na nova gestão e a qualidade nos serviços prestados no hospital, Dal’Molin explicou que os atendimentos oncológicos devem ser retomados no final do mês de abril. Posteriormente, também serão normalizadas as cirurgias gerais e os serviços de traumatologia, plantão clínico e cirúrgico, endoscopias e ecografias. Segundo ele, nesse primeiro momento, a atenção será voltada à Covid-19, mas, aos poucos, a casa de saúde retomará a rotina normal.

Outro destaque, feito pelo presidente da AHVN e pelo prefeito Tito, diz respeito aos serviços de obstetrícia. Segundo ambos, em virtude do HBJ passar a ser referência no atendimento à Covid-19, a maternidade permanecerá fechada. Dal’Molin explicou que a medida foi tomada com o objetivo de prevenir a contaminação das gestantes e, posteriormente, dos bebês. Portanto, as grávidas da cidade continuam sendo encaminhadas para o Hospital São Francisco de Assis (HSFA), de Parobé. “Montamos um sistema na Secretaria de Saúde de Taquara para amparar e auxiliar esse acolhimento das nossas gestantes em Parobé. A medida visa evitar a contaminação pelo novo coronavírus e, assim que vencermos esta situação, poderemos retomar os atendimentos obstétricos no HBJ também”, disse Tito.

Em seu pronunciamento, Dal’Molin destacou que a Associação Vila Nova também está em tratativas com o governo gaúcho para conseguir um tomógrafo para o hospital. Explicou que, num primeiro momento, o equipamento servirá para atender aos pacientes infectados pela Covid-19, mas, posteriormente, ficará à disposição para os atendimentos em geral.

Confira algumas imagens da estrutura do HBJ:

Acompanhe, abaixo, o vídeo da solenidade de reabertura do HBJ: