Hospital de Parobé lança websérie com vídeos institucionais

Vídeos serão publicados na fanpage do Facebook da instituição.
Vídeos contêm relatos de integrantes da casa de saúde contando os bastidores da atuação profissional. Divulgação

O Hospital São Francisco de Assis, de Parobé, anunciou que lançará uma web série de vídeos em sua página no Facebook. As publicações iniciam nesta segunda-feira, 18 de novembro e podem ser conferidas na Fanpage da instituição. Os materiais trazem relatos de profissionais, parceiros e pacientes da entidade. São depoimentos em primeira pessoa, revelando bastidores e histórias reais que se passaram dentro das dependências do hospital. Ao todo, serão exibidos 10 vídeos, com novas publicações diárias, de segunda a sexta-feira. O último episódio vai ao ar dia 29 de novembro.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Segundo a administração, o objetivo é apresentar uma visão mais profunda e real da instituição. “Para a nossa comunidade o que queremos mostrar é o hospital como realmente é, não somente no momento de seu atendimento, mas parte dos processos que estão por trás deste momento. Já para nossos colaboradores, queremos gerar valorização e motivação, relembrar que o trabalho deles é essencial para milhares de pessoas, que eles têm nas mãos a capacidade de transformar vidas e que sem sua dedicação e comprometimento o hospital não existiria”, destaca a gerente assistencial do HSFA, enfermeira Clarissa F. V. Possmoser.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Os vídeos integram uma série de ações de comunicação organizacional mantidas pela entidade. Recentemente, também foi publicada uma pesquisa de imagem, que colheu percepções da comunidade sobre o hospital. “A cada dia nos aproximamos mais das pessoas que são atendidas aqui. Além de perfis ativos nas mídias digitais, realizamos atividades pontuais, como os vídeos, ou permanentes, como o serviço de ouvidoria. Ainda, temos o Momento Comunidade, em que qualquer interessado pode fazer suas perguntas diretamente ao corpo diretivo, numa conversa direta, presencial e totalmente transparente”, comenta a relações públicas da instituição Renata Helena Ghiggi Eidelwein.

O projeto conta ainda com a colaboração do acadêmico de Relações Públicas Guilherme Augusto de Souza.