Hospital de Taquara não teve pediatra no primeiro dia do ano

Geral

Casa de saúde afirmou que clínico geral estava disponível.

O Hospital Bom Jesus, de Taquara, vem sofrendo com as faltas de médicos. Nos últimos dias, a reportagem da Rádio Taquara e do Jornal Panorama tem sido acionada com frequência por leitores e ouvintes dando conta de situações que buscam atendimento, mas não conseguem disponibilidade. Não foi diferente nesta quarta-feira, dia 1º de janeiro, primeiro dia de 2020. Mais uma vez, a reportagem recebeu reclamações de usuários de dificuldades no serviço prestado pela casa de saúde.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Consultada, a assessoria de imprensa da Associação Silvio Scopel, gestora do hospital, informou que, nesta quarta-feira-feira, havia clínico geral durante todo o dia no atendimento à comunidade, sendo que o integrante da escala foi Carlos Eduardo. O hospital reconheceu, no entanto, que não havia pediatra disponível para o atendimento durante a quarta-feira.

Pelo contrato com a Prefeitura de Taquara, do qual recebe R$ 300 mil por mês, o hospital precisa manter três plantões, segundo o secretário municipal de Saúde, Vanderlei Petry. Um dos plantões é o obstétrico, o outro pediátrico e o terceiro de clínico-geral. As prestações de contas são avaliadas pela prefeitura e pode ocorrer o que, no termo técnico, a administração designa como glosa, ou seja, descontos no valor a ser pago ao hospital.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE