Legislativo de Taquara aprova contratação de profissionais para o Samu

Geral

Segundo a Prefeitura, projeto objetiva manter os serviços em funcionamento.

A Câmara de Vereadores de Taquara aprovou, por unanimidade, nesta segunda-feira (26), projeto de lei que autoriza a Prefeitura a contratar profissionais para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A matéria prevê que os cinco profissionais serão contratados temporariamente (abaixo veja as vagas em contratação).


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Na mensagem ao projeto, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho afirma que as contratações são necessárias para dar continuidade ao Samu. As contratações já foram feitas pela Prefeitura, uma vez que o projeto de lei prevê a retroatividade dos seus efeitos para 2 de novembro.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


PROFISSIONAIS A SEREM CONTRATADOS
I – 01 (um) Médico, para atendimento de plantões, por sistema de revezamento de 24 (vinte e quatro) horas trabalhadas por 120 (cento e vinte) horas de folga, e remuneração mensal de R$ 6.500,00 (seis mil e quinhentos reais);
II – 02 (dois) Técnico Condutor, para atendimento de plantões, por sistema de revezamento de 12 (doze) horas trabalhadas por 60 (sessenta) horas de folga, e remuneração mensal de R$ 2.270,79 (dois mil e duzentos e setenta reais e setenta e nove centavos);
III – 01 (um) Enfermeiro, para atendimento de plantões, por sistema de revezamento de 24 (vinte e quatro) horas trabalhadas por 120 (cento e vinte) horas de folga, e remuneração mensal de R$ 3.651,52 (três mil seiscentos e cinquenta e um reais e cinquenta e dois centavos).
IV – 01 (um) Técnico em Enfermagem, para atendimento de plantões, por sistema de revezamento de 12 (doze) horas trabalhadas por 60 (sessenta) horas de folga, e remuneração mensal de R$ 2.503,98 (dois mil e quinhentos e três reais e noventa e oito centavos).