Leite determina suspensão de cortes da Corsan, mas mantém multa e juros por atraso

Geral

De acordo com o governador, os clientes de tarifa social ficarão isentos da cobrança pelos próximos 90 dias.

Em reunião com o secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, por videoconferência, na tarde deste domingo (22), o governador Eduardo Leite definiu algumas medidas envolvendo os clientes da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) por conta das dificuldades ocasionadas pela pandemia do coronavírus.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


De acordo com o governador, os clientes de tarifa social ficarão isentos da cobrança pelos próximos 90 dias. Além disso, ficam suspensos os cortes por não pagamento nos próximos 60 dias.

“Precisamos manter a empresa em funcionamento e, para tanto, mesmo que sem cortes, continuam valendo multas e juros em atrasos. Os cidadãos que dispõem de condições para pagamento de suas faturas devem seguir adimplentes para mantermos os serviços essenciais à população”, disse Leite.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE