Mais um acusado de envolvimento em sequestro é preso

Homem se apresentou à Polícia Civil em Porto Alegre.

Foi formalizada, na tarde desta quinta-feira (15), a prisão de mais um acusado de envolvimento no sequestro de uma mulher de 23 anos, em Taquara. O homem, identificado como Sidnei Batista da Silva, 32 anos, se apresentou em Porto Alegre, na sede do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Segundo o advogado Alan Martins, que acompanhou a apresentação, seu cliente nega a participação no crime, mas cumpriu a ordem de se apresentar e ficará preso devido ao mandado de prisão temporária expedido por 30 dias.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Alan comentou que a Polícia Civil informou a representação pela prisão preventiva dos acusados, mas ainda não há posição da Justiça a respeito. O advogado disse que conversou com a delegada de Taquara, Rosane de Oliveira, informando que seu cliente se apresentaria ainda nesta quinta-feira à Polícia Civil, tendo sido acertado que a formalização ocorreria junto à sede do Deic.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Com a prisão da tarde desta quinta-feira, são três os detidos na investigação do sequestro. Nesta quarta-feira (14) à noite, a Polícia Civil de Taquara cumpriu o mandado de prisão temporária contra Aislan Arnhold Maciel, 26 anos. Já na terça-feira (13), ainda antes da libertação da refém no cativeiro, havia sido preso Ismael Batista da Silva, 30 anos. No local em que a vítima estava, em Santa Cruz da Concórdia, houve confronto entre os policiais e os criminosos, e morreu José Sidnei Chaves, 39 anos.

A investigação do caso de sequestro está a cargo da 1º Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), de Porto Alegre. A delegacia de Taquara, por sua vez, está apoiando todas as ações. A prisão dos acusados é temporária, válida por 30 dias.

Leia mais: