Moacir recebe Feller para iniciar transição em Parobé

Geral Topo esquerdo
Feller e Moacir se encontraram na Prefeitura para dar início à transição de governo. Divulgação

A decisão da Justiça Eleitoral que aceitou a candidatura de Irton Bertoldo Feller (MDB) no pleito de 2016 em Parobé segue repercutindo no município. Nesta quinta-feira (9), o prefeito interino Moacir Jagucheski (PPS) recebeu Feller para, juntos, iniciarem a transição de governo. Segundo as informações divulgadas pela administração municipal, Jagucheski fez questão de ressaltar que a perspectiva atual é melhor do que quando assumiu. Na pauta reunião estiveram, conforme o divulgado, “as ações de médio e longo prazo realizadas pelo governo interino, bem como levantamentos feitos pelas secretarias apresentadas ao prefeito que inicia sua gestão na terça-feira, dia 14”. A posse do novo governo está prevista para a próxima segunda-feira, às 18 horas, na Sociedade Cultural e Recreativa.



Na Câmara de Vereadores, a transição de governo iniciada a partir da decisão judicial também foi o assunto da reunião de terça-feira (7). Segundo o Legislativo, em tom de alívio, os vereadores comentaram os desdobramentos. Com a mudança no Executivo, Jagucheski volta à condição de presidente da Câmara e o atual vice, Ênio Terra (PTB), deixa o comando do Legislativo. O suplente Valcir Moreira (PSB) também deixa a função por conta do retorno de Moacir.

Com o retorno de Jagucheski à Câmara, o suplente Valcir Moreira (foto) deixa o Legislativo. Divulgação/Eduarda Rocha

“Acima de qualquer interesse pessoal, Parobé agora terá um prefeito diplomado. Queremos que a partir de agora todos nós estejamos empenhados em buscar desenvolvimento”, comentou Antônio Carlos dos Santos (PDT). Já o vereador Jorge Graminha (PP) realçou o retorno de Moacir Jagucheski ao Legislativo. “Nosso colega assumiu aquele cargo com responsabilidade e fez um ótimo trabalho, mesmo sem um planejamento prévio”, disse.

O presidente da Câmara de Novo Hamburgo, Felipe Kuhn, esteve presente em toda a sessão ordinária e convidou os parlamentares para um Seminário de Técnicas Legislativas, que acontece no dia 16 na Câmara hamburguense.