Temperatura agora:   14.2 °C   [+]

Moradores reclamam de mau cheiro expelido por chaminés de empresa de leite em Taquara

Fábrica da Dielat está localizada no entroncamento da ERS-239 com a 020.
Reprodução / Google

Moradores dos bairros Cruzeiro do Sul, Santa Teresinha, Empresa e localidades próximas a Dielat Indústria e Comércio de Laticínios Ltda., que fica na Avenida Sebastião Amoretti, bairro Empresa, entraram em contato com a reportagem do Jornal Panorama e da Rádio Taquara, reclamando do mau cheiro que é expelido pelas chaminés da empresa. De acordo com uma moradora do bairro Empresa, que trabalha próximo ao local, ela precisa inalar esse cheiro o dia inteiro. “A gente trabalha próximo da fábrica de leite e esse cheiro fica no ar o dia todo. É um odor insuportável”, afirma.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




A reportagem do Jornal Panorama entrou em contato com representantes da empresa de laticínios, para buscar informações sobre o problema. O superintendente da Dielat, Antônio Roberto Bertolini, informou que partículas sólidas de leite, após a secagem do leite em pó, saíam pelas torres de secagem da empresa, causando problemas à população, pois se acumulavam sobre os carros e residências. Para resolver esse problema, conforme Bertolini, a empresa adquiriu uma máquina chamada “Lavador de Gás”, que lava o ar que sobe para as torres, mantendo essas partículas sólidas em caixas, acabando com o problema da sujeira. Porém, a partir daí, a questão do mau cheiro começou a incomodar.

“Essas partículas, que ficam armazenadas nas caixas, são restos de leite, que são organismos vivos. Isso alimenta diversos tipos de bactérias, o que ocasiona o mau cheiro. Estamos cientes do incomodo causado aos moradores e contratamos uma empresa, chamada Forminton Chemicals Química Ltda, que iniciou o trabalho nesta terça-feira (21), e irá resolver esta situação, melhorando a qualidade do ar nos arredores da empresa”, destaca Bertolini.  


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Segundo o superintendente da Dielat, o mau cheiro deve cessar a partir da próxima semana, quando começa a dar resultado o trabalho desenvolvido pela empresa contratada.