Morre o tradicionalista Rubem Fidelles de Mattos

Rubinho da Sinaleira faleceu na noite desta sexta-feira (9).
Em 2017, a vereadora Sirlei Silveira entregou distinção da Câmara de Taquara para “Rubinho da Sinaleira”. Divulgação

Morreu, nesta sexta-feira (9), o tradicionalista Rubem Fidelles de Mattos, mais conhecido como Rubinho da Sinaleira, aos 82 anos. Conhecido colaborador dos movimentos ligados ao tradicionalismo na região, foi um dos sócios fundadores do CTG O Fogão Gaúcho, em Taquara. Também fundou o CTG Coxilha do Rio Grande, em Parobé.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Em 2017, recebeu homenagem da Câmara de Vereadores de Taquara por sua atuação na área. Foi um dos idealizadores do Campeonato de Inverno de Laço de Taquara. Durante muitos anos, seu Rubinho, como era conhecido, representou a 22ª Região Tradicionalista em Festas Campeiras do Rio Grande do Sul (Fecars).

Morador da localidade de Fazenda Pires, em Parobé, também era bastante conhecido pelo apelido “Rubinho da Sinaleira”, em indicação ao ponto da ERS-239 que acabou se popularizando com referência ao seu nome. O velório está ocorrendo na capela D do Cemitério Municipal de Taquara e o sepultamento ocorrerá às 17 horas deste sábado, no Cemitério Bom Pastor.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE