Motorista se defende e diz que foi agredido primeiro em caso envolvendo golpes de facão em Taquara

Polícia

Segundo o caminhoneiro, os dois têm uma desavença antiga e no sábado ele teria sido ameaçado dentro de um mercado

O Jornal Panorama publicou uma matéria, na manhã desta quarta-feira (29), onde um homem havia registrado um Boletim de Ocorrência informando que teria sido agredido, pelo motorista de um caminhão guincho, com golpes de facão. O motorista procurou a reportagem para contar sua versão dos fatos.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Conforme informações do registro, feito na Delegacia de Polícia de Taquara, no mesmo dia das agressões, o condutor do caminhão relatou que, ao chegar no local, na rua Miguel Bauer, no bairro Jardim do Prado, passou a ser ofendido pelo homem, que seria seu desafeto. Segundo o motorista, ao descer do veículo o homem passou a lhe ofender, tentou lhe agredir e fez menção de pegar algo na cintura. Como ele estava perto da porta do caminhão, pegou seu facão e desferiu um golpe contra o homem.

Ainda segundo o caminhoneiro, na noite de sábado, o homem estava com um amigo em um mercado e os dois passaram a lhe ameaçar e tentaram lhe agredir no interior do estabelecimento. O motivo das ofensas e agressões entre os dois seria uma desavença antiga. Ambos os casos foram registrados na delegacia de Taquara.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE