Mulher dirigindo embriagada é presa após provocar acidente em Igrejinha

Devido à gravidade dos ferimentos, um bebê, de 1 ano e 11 meses, teve que ser transferido ao HPS de Canoas

Uma mulher foi presa em flagrante, após causar uma colisão que acabou deixando um casal e um bebê, de 1 ano e 11 meses, que teve que ser encaminhado para o HPS de Canoas, feridos. A colisão ocorreu por volta das 21h40min desta sábado (16), no quilômetro cinco da ERS-115, em Igrejinha.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




De acordo com a polícia, a família, que estava em um GM/Classic prata, trafegava no sentido Taquara/Igrejinha, quando a motorista, de 19 anos, que conduzia um Ford/Ka vermelho, trafegava no sentido contrário e, ao acessar um retorno cruzou a via vindo à colidir no Classic. A colisão ocorreu perto de um posto de combustíveis.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O motorista do Classic, de 26 anos, sua companheira, de 19 e o bebê, de 11 meses, foram encaminhados ao Hospital Bom Pastor, de Igrejinha, assim como a motorista do veículo Ka. Os policiais, então, foram à casa de saúde, onde foram informados que o bebê teve que ser encaminhado ao HPS de Canoas, devido à gravidade dos ferimentos.

Durante contato com a condutora, que teria causado o acidente, os policiais ofereceram o teste do bafômetro, porém, a mulher se negou a prestá-lo. O médico do local confirmou que a condutora estava com hálito etílico e pupilas midriáticas.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão, em flagrante à motorista, que foi conduzida à delegacia de Taquara para o registro.