OPINIÃO

Nossa subida, por Jéssica Ramos

Leia o artigo da jornalista Jéssica Ramos do Jornal Panorama

Nossa subida

Repare como a vida se parece com uma escada
A gente vai vivendo, crescendo
A gente amadurece
mas, retrocede também, às vezes
E, em alguns dias, a gente olha – lá de cima
e sente medo de cair,
ou de não avançar mais um degrau sequer
E, em alguns dias, a gente olha – lá de cima
e sente saudade,
de momentos, sorrisos,
ou de quem a gente foi
E o bonito da vida
é que a gente pode descer, às vezes
revisitar lugares, pessoas, sentimentos
E o bonito da vida
é que, em algumas situações,
para acessar ao degrau seguinte,
a gente precisa romper com o anterior
Saber que, se acaso voltarmos,
no lugar daquele degrau
haverá apenas espaço
Espaço vazio,
semelhante ao que podemos encontrar em seguida
E o bonito da vida
é que a escada é nossa
E, no decorrer dos anos,
percebemos que além da subida
também estamos em rotação
E, dependo de nossas escolhas,
da nossa omissão às escolhas,
corremos o risco de cair na ilusão
E, em vez de subirmos,
escalamos nossa própria descida,
independente da velocidade,
com a escada virada de cabeça para baixo

Jéssica Ramos
Jornalista de Taquara
[Leia todas as colunas clicando aqui]