“O verdadeiro poder da mulher transforma o mundo”

Protagonismo feminino foi tema de palestra na Câmara de Taquara e mobilizou taquarenses.
Meuris Seibel conduziu o encontro, com reflexão e dinâmica. Foto: Jéssica Ramos/ Jornal Panorama.

Com o plenário repleto de mulheres, a noite desta sexta-feira (08) reservou momentos de reflexão e sorrisos, conduzidos por Meuris Seibel que apresentou a palestra “O verdadeiro poder da mulher transforma o mundo”. O evento integrou a agenda da Semana da Mulher, de Taquara, instituída por lei desde 2005 e, nesta edição, promovida mediante parceria entre o Executivo, Legislativo, Unimed Encosta da Serra, SESC – Fecomércio e Faccat.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Meuris abordou os inúmeros aspectos da personalidade feminina, provocando uma reflexão sobre o poder transformador que as mulheres têm em todos os possíveis âmbitos de convivência. Incentivou o movimento de autoanálise, buscando a superação de deficiências, com o foco nas potencialidades naturais. A palestrante ainda falou sobre o quanto as mulheres podem crescer desapegando do status de vítimas e focando em seus objetivos, nas infinitas possibilidades de ser feliz, principalmente quando há autoconfiança.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Dona Maria Pereira, 74 anos, disse que gostou muito da agenda. Argumentou que percebe muita necessidade de ações reflexivas e motivadoras, principalmente para os jovens. Disse que se admira da violência crescente. Que no tempo de sua juventude também ocorriam situações de agressão, mas os casos não eram tão divulgados e não eram tão frequentes. Desejou que ocorra alguma mudança.

A servidora pública, Maria Cândida, disse que o que a motivou a participar da agenda foi a necessidade que ela percebe em relação à integração feminina. Disse que a comunidade precisa se unir mais, e se reunir mais vezes. “Um dia para organizar os outros 364”, disse. Falou que sente a necessidade de liberdade de expressão, de aceitação para ser o que quiser, independente do movimento feminista.

A presidente da Câmara, vereadora Sirlei Silveira, disse que a programação não é uma comemoração, mas reconhecimento ao protagonismo feminino, independente da profissão ou segmento da sociedade, sendo o princípio de tudo com a maternidade. “A mulher faz tudo o que um homem faz, mas ela faz e ainda enfeita. A mulher tem um poder transformador e a Câmara Municipal é exemplo disto atualmente, com o protagonismo feminino”, disse.

No encerramento do evento foi realizado sorteio de brindes e servido coquetel.