Obra sobre aprendizagem é lançada na Feira do Livro de Porto Alegre

Publicação aborda erradicação do trabalho infantil em prosa, verso e imagem. Conteúdo foi criado por adolescentes e jovens aprendizes.
Imagem: Divulgação.

A quarta edição do livro Aprendizagem e Erradicação do Trabalho Infantil – em Prosa, Verso e Imagem, foi lançada no final da manhã de quarta-feira (06), na 65ª Feira do Livro de Porto Alegre. O conteúdo resulta da criação de jovens aprendizes, por intermédio de entidades formadoras de aprendizagem profissional do Rio Grande do Sul. Aproximadamente 250 pessoas, a maioria alunos dos cursos, inclusive do interior, prestigiaram a cerimônia na Praça de Autógrafos, instalada na Praça da Alfândega, no Centro Histórico da Capital. A promoção foi da SRT-RS, do Fepeti-RS e do Fogap.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O projeto visa a participação de adolescentes e jovens de até 24 anos, incluindo pessoas com deficiência (PCDs), na criação de histórias e imagens de reflexão, originadas pelo tema central. A publicação foi custeada com recursos destinados pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). O prefácio foi escrito pela representante do MPT na coordenação colegiada do Fepeti, procuradora regional Silvana Ribeiro Martins.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


No início da cerimônia, a procuradora Silvana também foi a responsável pela abertura do pacote com os livros a serem distribuídos e autografados. Os trabalhos publicados foram classificados no concurso realizado em instituições formadoras de aprendizagem: Senac, Senat, Colégio Teutônia, Setrem, Acompar, Centro de Educação Profissional São João Calábria, CIEE-RS, Espro, Instituto Crescer Legal, Isbet, Irmãs Murialdinas de São José, Pequena Casa da Criança, Projeto Pescar, Instituto Pestalozzi, Acadef, Renapsi e Associação Reviver.

A iniciativa tem coordenação geral da auditora-fiscal do Trabalho Denise Natalina Brambilla González (coordenadora de Aprendizagem da SRT); coordenação do projeto literário (prosa e verso) da escritora, poetisa e declamadora Maria Elsi Prestes Jacques (representante dos Correios no Fogap) e coordenação do projeto imagem de João da Luz (coordenador regional do Fogap). O texto da orelha do livro é da coordenadora de Gestão de Pessoas dos Correios, Sonia Teresinha Cezimbra Mengue. A apresentação do evento foi do representante da Prefeitura de Parobé no Fogap, Geraldo Antônio Both.

Os três primeiros lugares em cada uma das três categorias ganharam o livro, troféu e diploma. O evento foi encerrado com concerto da Orquestra Jovem do RS, formada por jovens aprendizes do Pão dos Pobres.

Vencedores

Categoria Prosa

  • 1º lugar: Samara Caroline Riffel Martins, “Vida X Aprendizagem”, Setrem (Três de Maio);
  • 2º lugar: Natália Barbosa da Rosa, “Aprender”, Renapsi (Porto Alegre);
  • 3º lugar: Giovana Horne Zorzo, “Trabalho Infantil e Educação”, Renapsi (Porto Alegre).

Categoria Verso

  • 1º lugar: Gabriela Oliveira Medeiros, “Prece”, Projeto Pescar (Caxias do Sul);
  • 2º lugar: Lucas Eduardo Ribeiro da Mota, “Famosas Leis”, Senat (Caxias do Sul);
  • 3º lugar: Talita Rodrigues Martini, “Meia Infância”, Instituto Crescer Legal (Santa Cruz do Sul).

Categoria Imagem

  • 1º lugar: Nathália Barboza Silveira, Espro (Porto Alegre);
  • 2º lugar: Margarete Machado dos Santos, SENAC (Farroupilha);
  • 3º lugar: Aliny Gomes da Silveira, Calábria (Porto Alegre).