Temperatura agora:   22.1 °C   [+]

Operação ‘Grão de Ouro’ é deflagrada pela Polícia Civil em Taquara, Parobé e Nova Hartz

Fotos: Divulgação/PC Parobé


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





A Polícia Civil deflagrou, nesta terça-feira (30), e quarta-feira (1º), a operação ‘Grão de Ouro’, nos municípios de Parobé, Taquara e Nova Hartz. O objetivo foi desmantelar um grupo criminoso que atuava praticando fraudes mercantis, que consistia em adquirir produtos por meio de empresas registradas em nome de terceiros, fraudando o pagamento e revendendo os bens adquiridos em um momento posterior.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Foram cumpridos ao todo 13 ordens judiciais, mandados de busca, que resultaram na prisão de dois indivíduos, que estavam de posse de uma pistola calibre 9mm e quatro vasos com pés de maconha. Ambos eram foragidos do sistema prisional e um deles é apontado como mentor das empresas fraudadoras. No local onde foram presos, que fica na Estrada do Morro Alto, interior de Taquara, havia um escritório com farta documentação das referidas empresas, além de diversos produtos, os quais serão restituídos aos proprietários.

Conforme as investigações, os indivíduos até então identificados utilizaram uma empresa denominada GOLDGRAINSPERB, com sede em Parobé, para a prática dos crimes. O montante do prejuízo financeiro ultrapassa R$ 1 milhão de reais. Foram apreendidos 3 (três) veículos automotores de uso dos golpistas, os quais servirão para posterior ressarcimento às vítimas.

Mais informações podem ser verificas com a Delegacia de Polícia de Parobé, coordenada pelo delegado Gustavo Bermudes. O procedimento criminal deverá ser concluído nos próximos meses, após a análises de todo o conjunto probatório. A ação contou com o apoio das delegacias de Taquara, Igrejinha, Três Coroas e da Brigada Militar.

%d blogueiros gostam disto: