Os benefícios incontáveis da fisioterapia, agora na Associação dos Aposentados de Taquara

Sociedade quer oferecer serviços de reabilitação, mas principalmente de prevenção, para todos os taquarenses.
Imagens: Divulgação/ Associação dos Aposentados e Pensionistas de Taquara.

Com o objetivo de agregar serviços e oferecer benefícios, principalmente aos associados, mas também aos taquarenses em geral, a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Taquara oferece, desde o mês passado, o serviço de fisioterapia. Os atendimentos são agendados e acontecem no turno da tarde, com sessões por R$25,00 para sócios, R$30,00 para não sócios, e avaliação gratuita.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Conforme o presidente da entidade, Jotaul Candido Rangel, e o vice-presidente João Francisco Pinheiro, a expectativa em relação às sessões é a melhor possível. “Nós procuramos oferecer benefícios, descontos, e organizar passeios, viagens aos nossos associados. Mas também queremos garantir oportunidades que influenciem positivamente na saúde de todos. Acreditamos que a fisioterapia fará uma grande diferença nesse sentido. Tanto para quem quiser tratar, quanto para prevenir”, explicaram.

E se tratando de prevenção, segundo a fisioterapeuta da Associação, Juliana Schneider, esse deve ser o foco da abordagem profissional realizada na sociedade. “Queremos mostrar às pessoas que a fisioterapia vai muito além da reabilitação, que não acontece apenas com o uso de aparelhos, o popular choquinho”, disse Juliana. A profissional disse que pretende difundir a cultura da prevenção. “Temos um infinito de possibilidades, melhorar o condicionamento físico, trabalhar o pré-operatório, retardar a evolução de doenças e até driblar fatores genéticos, impedindo que algumas doenças se instalem”, explicou.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A fisioterapeuta contou que a Associação está buscando equipar a sala de atendimento de forma a atender a todas as necessidades dos pacientes. Disse que está muito feliz em poder trabalhar com os idosos, mas salientou que a oportunidade é para qualquer cidadão interessado. “É uma bênção poder fazer o que eu amo aqui na minha cidade. Quero poder transformar a vida, a qualidade de vida, da nossa população. Costumo dizer que nosso corpo funciona como um dominó, a forma como caminhamos pode refletir sobre nossos joelhos e, por consequência, em nosso quadril e depois na coluna. Ou na ordem inversa, mas com os mesmo efeitos”, descreveu.

Juliana disse que é totalmente encantador e, ao mesmo tempo, desafiador, exercer a função do fisioterapeuta. Formada há três anos, pela Universidade Feevale, ela lembrou que inspiração para ingressar no ensino superior foi uma situação de doença que ela enfrentou com o esposo. “Ele baixou em Igrejinha com bronquite. Hoje é até engraçado, mas ilustra bem o que quero compartilhar com as pessoas. Eu não fazia ideia de que a fisioterapia tratasse casos de bronquite, e quando vi o atendimento que meu esposo recebeu achei incrível, poético (risos). Pensei, é isso que eu quero fazer, e me joguei em busca de conhecimento. Me sinto realizada”, contou.

A profissional disse ainda que, desde o início do curso, sempre se interessou pelo atendimento de idosos, “inclusive meu TCC foi sobre. Fiz pesquisa nos lares aqui de Taquara”, e que a oportunidade de trabalhar na Associação é algo que a motiva muito. Destacou que a saúde é algo bem complexo, e que sozinha a fisioterapia não garante uma total reabilitação ou prevenção, mas que faz a diferença. “Está tudo associado. Inclusive doenças psicológicas podem refletir na postura, que pode resultar em uma série de problemas, como os respiratórios, por exemplo. E algumas doenças só se manifestam na velhice, por isso é importante trabalhar com a prevenção”, disse.

Juliana destacou que a Associação quer facilitar o acesso aos serviços, por isso trabalha com preços simbólicos. Disse que a agenda de avaliações está aberta e que é uma etapa indispensável no tratamento. “É quando conversamos e conhecemos a rotina, os hábitos, do paciente. Em cima disso é que organizamos os exercícios e objetivos do tratamento”, disse. A Associação dos Aposentados e Pensionistas de Taquara está localizada na rua Tristão Monteiro, nº 676, e atende das 13h30 às 17h.