Papo de Professor discute os desafios da inclusão

Próxima edição do encontro acontece no dia 21 deste mês.
Equipe organizadora registrou a presença dos professores convidados. Foto: Divulgação/Faccat.

Com a finalidade de trocar experiências no processo de ensino-aprendizagem, o Papo de Professor compartilha ideias para enriquecer a qualidade na Educação. No decorrer do ano, encontros foram realizados e o mais recente ocorreu na quinta-feira (31), no Centro de Eventos das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat). A temática da vez foi “Os Desafios da Inclusão”. A ação é organizada por uma equipe dos cursos de Licenciatura da Faccat (História, Letras, Matemática e Pedagogia). O próximo encontro acontece no dia 21 deste mês.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Formação inicial e continuada

“Os participantes tiraram muitas dúvidas, especialmente no atendimento aos alunos com necessidades educativas especiais no ensino regular. Compartilharam suas ansiedades sobre os desafios do cotidiano, pontuando sobre a importância da formação inicial e continuada e, principalmente, sobre as atividades que devem ser propostas para esse público”, descreveu um dos coordenadores do projeto, Magnus Ody, referente ao último encontro.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A educadora Fátima de Lurdes Rodhen participou do evento e representou a APAE de Campo Bom. Ela apresentou a estrutura da instituição para receber e atender os alunos matriculados. A Apae é uma entidade filantrópica que atua em três áreas no município: saúde, educação e assistência social, desde 1978. O público alvo são pessoas com deficiência intelectual, deficiências múltiplas e transtornos.

“A professora Fátima também compartilhou suas experiências, enquanto docente da APAE, especialmente da relevância no papel da afetividade, do planejamento docente e do trabalho interdisciplinar, envolvendo o acompanhamento de diferentes profissionais no acompanhamento dos estudantes”, explica Ody.

Neurociência e Inteligências Múltiplas

Participaram também os professores André Luciano Alves e Carmen Gomes, representantes da Faccat, que mediaram os questionamentos dos participantes. Foram destacados ainda os assuntos sobre a neurociência, para compreender o que ocorre com o cérebro adulto e infantil, em prol das aprendizagens ao longo da vida e a exploração das Inteligências Múltiplas, que podem facilitar o trabalho docente. “O evento foi um sucesso. Creio que mais uma vez o projeto Papo de Professor conseguiu contribuir nas discussões sobre o que é ser professor. Nesse mês, trazendo os desafios da educação inclusiva e seu espaço na comunidade escolar foi possível perceber nas participações o relevante papel do professor. Entretanto, os desafios passam pela colaboração de diferentes profissionais e da família”, sintetiza o professor Ody.