Parobeense é convocada para seleção brasileira sub-17; Ouça entrevista!

Marina Graebin é ex-jogadora da Escola Getúlio Vargas.
Divulgação

A atleta Marina de Mello Graebin, 16 anos, que defende o Avaí/Kindermann, de Santa Catarina, foi convocada para a Seleção Brasileira Feminina sub-17. Parobeense e ex-jogadora da Escola Getúlio Vargas, Marina foi chamada junto com um grupo de outras 11 atletas para o período de treinos da seleção, que está ocorrendo desde segunda-feira (18) e segue até a próxima quarta-feira (27), na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. A convocação foi da técnica Simone Jatobá.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Em entrevista ao programa Panorama Esportivo, da Rádio Taquara, nesta quinta-feira (21), Marina lembrou que cresceu jogando em Parobé, começando a carreira com o professor Jeferson Michel e o time da escola Getúlio. Atualmente, está jogando em Santa Catarina, pelo Avaí, na disputa do Campeonato Brasileiro.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Goleira, Marina conta que a convocação para a seleção foi uma surpresa e também decorreu de problemas com outras atletas. “Primeiramente, é uma honra estar aqui e, agora que eu consegui chegar, é trabalhar duro para conseguir me manter na seleção. Em abril terá a disputa da Sul-Americana e vamos trabalhar muito para poder fazer parte da equipe que vai viajar”, disse a atleta, que manifestou agradecimentos a todos que a incentivaram a não desistir do seu sonho.

Segundo o professor Jeferson Michel, Marina é a sétima atleta que vestiu a camisa da Escola Getúlio Vargas que foi convocada para a seleção brasileira, três delas formadas na equipe do projeto que foi encerrado em dezembro de 2018.

Ouça entrevista com Marina à Rádio Taquara: